Publicado em 12/06/2015 as 12:00am

Moto de brasileiro explode após colidir com SUV em Southborough (MA)

Local perigoso onde ocorreu a batida já é conhecido como "cruzamento da morte"

     Um SUV e uma motocicleta explodiram depois de pegar fogo na manhã desta quinta-feira (11). Os dois veículos colidiram na esquina da Parmenter e Pine Hill Roads, em Southborough (Massachusetts). O condutor da motocicleta, o brasileiro Robson Vaciloto, 37 aos, que mora em Marlborough, foi levado ao UMass Memorial Medical Center bastante ferido, mas não corria risco de morte.

     Segundo o tenente Sean James, com a força da batida, o brasileiro foi lançado para longe. Com o impacto do acidente, os dois veículos entraram em chamas e explodiram pouco depois. “Foi sorte o motociclista ter sido arremessado longe das chamas,  caso contrário poderia ter perdido a vida”, disse.

     Por volta das 8:30 am, o Corpo de Bombeiros foi acionado e ao chegar ao local encontrou os dois veículos pegando fogo, com chamas muito altas.

     Conforme o boletim de ocorrência, Arlin Rogers, motorista do SUV, uma Toyota Rav4 2007, estava virando à esquerda para a Pine Hill Road quando a motocicleta colidiu com o veículo. James disse que nada foi concluído e que o acidente está sob investigação. O condutor não se feriu gravemente e saiu do local do acidente por conta própria.

     Esta interseção se tornou um local perigoso e causa grande preocupação para quem mora nas proximidades. Segundo o tentente, nos últimos três anos, dois acidentes já foram registrados neste mesmo cruzamento, além de uma série de imprudências cometidas pelos condutores de veículos.

     Paul Collins, que vive na Pine Hill Road há 23 anos, disse que o tráfego no local se agravou ao longo dos anos. Ele afirmou que a estrada serve como um atalho entre Framingham e Marlborough e é usada por muitas pessoas. "Isso se tornou um grande problema e você arrisca a vida ao tentar acessar a Parmenter pela Pine Hill Road. Motoristas em alta velocidade tendem cortar o canto puxando para Pine Hill", disse.

     A sugestão dos moradores é que o município instale sinais de parada nas três vias. Karen Galligan, superintendente de obras públicas, disse que recebeu dois e-mails e um telefonema nesta quinta-feira sobre os problemas desta intersecção. Ela concordou que o cruzamento tem sido uma problemática.

     Apesar de não ter sido registrado nenhum acidente fatal, o local tem sido chamado por muitas pessoas como o “cruzamento da morte”. Galligan disse que vai conversar com sua equipe e analisar a possibilidade de instalar sinais de parada. “Mas para isso é preciso conversar com outros moradores da região e saber se eles aprovam”, continua.

     Outra sugestão são lombadas redutoras de velocidade, semelhantes às que foram instaladas na Edmands Road, em Framingham. Mas nenhum dos pedidos feitos pelos moradores foi atendido até o momento.

     Galligan disse que as lombadas redutoras de velocidade são rejeitadas pelos departamentos de polícia e bombeiros, pois causam problemas de drenagem e criam ruído para os vizinhos quando grandes caminhões passam por cima delas.

Fonte: Brazilian Times