Publicado em 22/07/2015 as 12:00am

CSI vai graduar primeira turma de Administração em setembro

Turma com 8 brasileiros vai se formar em Administração de Pequenas Empresas e já está atuando nesta área no mercado de trabalho

Fabiano Ferreira

CSI vai graduar primeira turma

de Administração em setembro

Turma com 8 brasileiros vai se formar em Administração de Pequenas Empresas e já está atuando nesta área no mercado de trabalho

Fabiano Ferreira

A CSI (Computer Systems Institute) vai realizar em setembro a primeira cerimônia de graduação do curso de Administração de Pequenas Empresas. O evento, que ainda não tem data marcada, terá a participação de oito brasileiros, de diferentes lugares do Brasil, que são alunos da escola desde que fizeram curso de inglês.

Uma das maiores vantagens da escola é oferecer aos estudantes a possibilidade de permanecerem nos Estados Unidos de forma legal e com possibilidade de trabalhar com licença e carteira de motorista.

Uma das brasileiras que vai se formar em setembro é Mônica Freitas, que veio de Governador Valadares (MG) e está nos EUA há 5 anos. Ela conta que fez o curso de inglês na CSI e resolveu também estudar Administração para ampliar suas possibilidades profissionais no País. Atualmente, ela trabalha como gerente num café em Everett (MA), onde no dia-a-dia usa os conhecimentos que adquire no curso. “É uma grande vitória para todos nós poder trabalhar e estudar tendo todo o respaldo da escola”, disse em entrevista ao Brazilian Times.

Segundo Mônica, o conteúdo do curso é bastante extenso, inclusive com aulas de marketing, o que auxilia bastante os estudantes no dia-a-dia de uma empresa americana. Ela explica que durante o curso é exigido que se faça um estágio na área, por isso ela trabalha também como auxiliar administrativa numa empresa de limpeza. “Acho muito importante que as pessoas saibam que é possível sim ficar legalizado no País. Basta se informar de como fazer isso aliando trabalho e estudos”, diz.

Status imigratório

Outra brasileira que também integra o curso é a Sara Santos Souza, de Goiás. Ela diz que o curso é ideal para quem trabalha em pequenas empresas porque dá noções de contabilidade e ajuda o profissional a organizar a rotina de trabalho. “Resolvi fazer porque sempre gostei dessa área de administração e já estudava no Brasil. A grande diferença é ter a vinculação ao status imigratório, o que é muito importante para nós que podemos aprender o inglês focando o trabalho”, diz Sara.

Trabalho valorizado

João Bruno Trindade, de Belo Horizonte (MG), nos Estados Unidos desde 2009, também aprova os cursos da CSI. Ele já fez três cursos e está concluindo sua quarta formação pela escola. “Cheguei com o visto de turista e em 2011 comecei a estudar na CSI. Todos os cursos que fiz me ajudam muito no meu trabalho no dia-a-dia. Atualmente trabalho na churrascaria Fogo de Chão e consigo agregar valor à minha mão-de-obra. Um ponto interessante é que a escola nos possibilita a permissão de trabalho através de estágio”, diz.

Não são só brasileiros que se interessam pelos cursos de extensão da CSI. Entre os alunos também estão russos, marroquinos, alemães, chineses, sul coreanos e venezuelanos.

Além do curso de Administração de Pequenas Empresas, a CSI oferece também as opções de Hotelaria Profissional, Especialista em Atendimento ao Cliente e Assistente Administrativo Profissional.

Mais informações: (781) 313-8190 e www.csinow.edu

CSI vai graduar primeira turma

de Administração em setembro

Turma com 8 brasileiros vai se formar em Administração de Pequenas Empresas e já está atuando nesta área no mercado de trabalho

Fabiano Ferreira

A CSI (Computer Systems Institute) vai realizar em setembro a primeira cerimônia de graduação do curso de Administração de Pequenas Empresas. O evento, que ainda não tem data marcada, terá a participação de oito brasileiros, de diferentes lugares do Brasil, que são alunos da escola desde que fizeram curso de inglês.

Uma das maiores vantagens da escola é oferecer aos estudantes a possibilidade de permanecerem nos Estados Unidos de forma legal e com possibilidade de trabalhar com licença e carteira de motorista.

Uma das brasileiras que vai se formar em setembro é Mônica Freitas, que veio de Governador Valadares (MG) e está nos EUA há 5 anos. Ela conta que fez o curso de inglês na CSI e resolveu também estudar Administração para ampliar suas possibilidades profissionais no País. Atualmente, ela trabalha como gerente num café em Everett (MA), onde no dia-a-dia usa os conhecimentos que adquire no curso. “É uma grande vitória para todos nós poder trabalhar e estudar tendo todo o respaldo da escola”, disse em entrevista ao Brazilian Times.

Segundo Mônica, o conteúdo do curso é bastante extenso, inclusive com aulas de marketing, o que auxilia bastante os estudantes no dia-a-dia de uma empresa americana. Ela explica que durante o curso é exigido que se faça um estágio na área, por isso ela trabalha também como auxiliar administrativa numa empresa de limpeza. “Acho muito importante que as pessoas saibam que é possível sim ficar legalizado no País. Basta se informar de como fazer isso aliando trabalho e estudos”, diz.

Status imigratório

Outra brasileira que também integra o curso é a Sara Santos Souza, de Goiás. Ela diz que o curso é ideal para quem trabalha em pequenas empresas porque dá noções de contabilidade e ajuda o profissional a organizar a rotina de trabalho. “Resolvi fazer porque sempre gostei dessa área de administração e já estudava no Brasil. A grande diferença é ter a vinculação ao status imigratório, o que é muito importante para nós que podemos aprender o inglês focando o trabalho”, diz Sara.

Trabalho valorizado

João Bruno Trindade, de Belo Horizonte (MG), nos Estados Unidos desde 2009, também aprova os cursos da CSI. Ele já fez três cursos e está concluindo sua quarta formação pela escola. “Cheguei com o visto de turista e em 2011 comecei a estudar na CSI. Todos os cursos que fiz me ajudam muito no meu trabalho no dia-a-dia. Atualmente trabalho na churrascaria Fogo de Chão e consigo agregar valor à minha mão-de-obra. Um ponto interessante é que a escola nos possibilita a permissão de trabalho através de estágio”, diz.

Não são só brasileiros que se interessam pelos cursos de extensão da CSI. Entre os alunos também estão russos, marroquinos, alemães, chineses, sul coreanos e venezuelanos.

Além do curso de Administração de Pequenas Empresas, a CSI oferece também as opções de Hotelaria Profissional, Especialista em Atendimento ao Cliente e Assistente Administrativo Profissional.

Mais informações: (781) 313-8190 e www.csinow.edu

Fonte: Brazilian Times