Publicado em 22/07/2015 as 12:00am

Enquete: O que você acha das críticas que Donald Trump fez aos imigrantes

Magnata americano, pré-candidato à Presidência, disse que imigrantes mexicanos são "estupradores e trazem doenças"

Fabiano Ferreira

Dia após dia, o magnata americano Donald Trump, pré-candidato à Presidência dos Estados Unidos, está se enrolando cada vez mais com os comentários sobre imigrantes e os mais variados assuntos. Tudo começou quando ele disse que imigrantes mexicanos são “estupradores e trazem doenças” para os EUA. A afirmação pegou muito mal para Trump, não só entre os mexicanos, mas para imigrantes de outras partes do mundo e mesmo outros grupos de pessoas.

Como resposta, o México não participou do concurso Miss Universo, promovido por empresas ligadas a ele. Outras corporações também cancelaram contratos e até a gigante Macy´s rompeu negócios com o empresário. Mesmo assim, ele continuou a falar o que pensa.

Esta semana foi divulgada uma pesquisa em que Trump aparece com 24% nas primárias, bem à frente de Scott Walker e Jeb Bush. Mas a pesquisa foi feita antes dos comentários negativos que ele fez sobre John McCain. Ele questionou o status de "herói" militar de seu correligionário.

O Brazilian Times ouviu alguns formadores de opinião da comunidade brasileira sobre toda essa polêmica. Veja o que eles disseram:

“DEVEMOS EXIGIR MAIS RESPEITO”

“As declarações devem ser consideradas um ataque direto contra todos os imigrantes neste País. Há algum tempo ele vem demonstrando seu perfil xenófobo. Lembram quando ele questionou em público a cidadania do presidente Obama? Enquanto ele mesmo é filho e neto de imigrantes, a mãe dele era escocesa e os avós paternos eram imigrantes alemães.  Donald Trump já deixou de ser mais um homem rico, egocêntrico, extravagante e excêntrico, é também sabido que ele gosta de  estar sob “holofotes” seja por bem ou por mal. Mas agora ele ultrapassou todos os limites mesmo para um republicano conservador. A nós imigrantes mexicanos ou não, gente de bem e que contribui para o crescimento desse País, cabe exigir respeito, seja de republicanos ou de democratas, e repudiar qualquer discurso ou ato que denigra ou diminua a imagem ou dignidade de qualquer pessoa.”

Claudia Fernandes, psicóloga, era de Manaus, morou 20 anos na Europa e agora vive em Stoughton (MA)

“IMIGRANTES PODEM RESPONDER NAS URNAS”

“Embora eu aprecie a sabedoria de Trump em relação a negócios, parece que ele não tem o sentido básico e fundamental em relação aos imigrantes e a composição de imigrantes nos Estados Unidos. Dos milhões de pessoas empregados pelo o “Império Trump”, posso garantir-lhe que um grande número é de imigrantes. São imigrantes que ajudaram a erguer os numerosos edifícios comerciais, hotéis e cassinos que compõem o “Império Trump.” Imigrantes fazem parte do grupo que ajuda a manter seus hotéis limpos, a roupa lavada e passadas, os pratos lavados, e exuberante jardins de suas propriedades.  Imigrante também compõem os clientes pagantes que frequentam seus hotéis, restaurantes, conferências e que também compram sua mercadoria.  A ironia dos seus comentários é que, para uma pessoa que é suposto ser tão sabia em relação a negócios, seus comentários sobre imigrantes com certeza foram imprudentes, para dizer o mínimo.  Trump pode possivelmente estar correto em sua declaração de que ele não precisa de imigrantes para ter sucesso, mas garanto que as suas declarações terão consequências não só nos seus negócios mas também nas eleições de 2016.

Michele da Silva, advogada em Framingham, era de Aracaju (SE) e mora nos EUA há 27 anos

“ELE DEU UM TIRO NO PRÓPRIO PÉ”

“Acho que como homem de negócios, Donald Trump deu um tiro no pé ao fazer comentários sobre os imigrantes. Na minha opinião, uma pessoa que  bussiness não pode falar mal daqueles que são seus clientes. Foi um comentário verdadeiramente idiota. Com certeza ele não entrou na disputa eleitoral com a intenção de ganhar, mas tão somente para colocar seu nome em evidência. No entanto, o comportamento que ele está tendo está trabalhando contra ele, mesmo depois pedindo desculpas quando percebe a repercussão daquilo que ele fala. Com toda certeza, Trump não tem chances de ganhas as eleições porque agora membros do seu próprio partido estão estranhando suas declarações”

Edson Lino, empresário, veio de Santa Catarina há 30 anos e atualmente mora em Somerville

“TUDO É DE CASO PENSADO”

“Tudo o que Donald Trump tem falado é de caso pensado. Na minha opinião, ele tem um discurso pronto e utiliza-se da vertente “se colar, colou”. Tanto que ele está em primeiro lugar nas pesquisas e certamente tem a ver com o que tem dito. Para mim ele está sendo manipulado pelo Tea Party, servindo de boneco de ventríloquo. O grave perigo é ele encontrar apoio no que tem dito, contando com a simpatia de muita gente. Ele está tocando o bumbo da intolerância”

Jehozadak Pereira, jornalista, é de São Paulo, e mora há 15 anos nos EUA

ELE SE ACHA ACIMA DO BEM E DO MAL

“Donald Trump está falando para um público específico, que é conservador. E como ele está na corrida pelas primárias, quanto mais conservador ele se mostrar mais apoio terá. Mas como ele não é um político de carreira, não respeitou a civilidade ao falar dos imigrantes. Por ter dinheiro, ele se acha acima do bem e do mal. Falou para um público, mas recebeu resposta de todos os públicos. E algumas empresas ligadas a ele, como a Macy´s, ao contrário dos políticos, não tem nada contra imigrantes e também deram sua resposta. Ele exagerou nos comentários. Acho que Trump não vai passar do debate, não vai adiante”.

Eduardo de Oliveira, radialista, do Rio de Janeiro (RJ), está há 15 anos nos EUA e mora em Framingham (MA)

Fonte: Brazilian Times