Publicado em 7/08/2015 as 12:00am

Família brasileira perde tudo em incêndio em Framingham (MA)

Ainda emocionado, Marcos Paulino contou um pouco do que aconteceu e que o fogo começou no primeiro andar e logo se alastrou.

Luciano Sodré

No início da tarde de sábado (1º), um incêndio destruiu parcialmente uma casa de duas famílias na cidade de Framingham (Massachusetts). No segundo andar morava o carioca Marcos Paulino com sua esposa Shirley Marques e os dois filhos, Samara Rosa de 16 anos e Israel Paulino, de de 10. “Por sorte ninguém estava em casa”, disse ele em entrevista ao Brazilian Times.

Ainda emocionado, ele contou um pouco do que aconteceu e que o fogo começou no primeiro andar e logo se alastrou. O incêndio não queimou totalmente o seu apartamento, mas a água jogada pelos bombeiros e a fumaça destruíram as roupas, eletrônicos, móveis e outros bens materiais que eles tinham.

A família, natural do Rio de Janeiro, e que vive há 17 anos nos Estados Unidos, recebeu uma pequena ajuda da Cruz Vermelha nos dois primeiros dias e atualmente está morando, de favor, na casa de uma amiga da família na mesma cidade. “Nós procuramos os órgãos competentes em busca de socorro, mas eles nos informaram que estão analisando a situação para nos relocar”, disse.

Paulino fala que a família perdeu praticamente tudo e que precisa recomeçar e adquirir tudo novamente. “Não estávamos preparados para isso e eu não tinha reservas financeiras, por isso está sendo muito difícil”, fala ressaltando que conta com a ajuda de amigos. “Minha esposa não trabalha e fica em casa cuidando dos nossos filhos”, continua.

Além do mais, Shirley sofre de cardiopatia, uma doença cardíaca congênita que provoca uma anormalidade na estrutura do coração presente antes mesmo do nascimento. “Ela usa marca-passo há 10 anos”, explica.

CAMPANHA

Como a família perdeu tudo e não estava preparada para esta tragédia, uma campanha foi iniciada para levantar recursos que ajude a comprar os itens mais importantes que foi consumido no incêndio. A princípio, as doações estão sendo feitas através de um site e serão destinadas a compra de roupas, material de higiene, alimentação, entre outros. “Muitas pessoas trouxeram roupas, mas como desconhecem a nossa numeração, acabam não servindo. Por isso a doação em dinheiro nos ajuda a comprar o que achamos mais importante neste recomeço”, continua.

Uma conta no site Go Fund Me foi aberta para que as pessoas possam fazer as suas doações, mas quem quiser doar através de uma conta bancária ou gift card também pode fazer. O site é www.gofundme.com/3u4mx8b4c. A conta bancária é no Citzens Bank, número 1315341007 Cheking Account em nome de Marcos C Paulino.

Fonte: Brazilian Times