Publicado em 14/08/2015 as 12:00am

Brasileiro é acusado de estrangular sua namorada em Framingham

A vítima disse que entrou em discussão com o agressor porque ele queria ir a algum lugar e ela não

Da redação

Um brasileiro foi preso por sufocar sua namorada nesta terça-feira, na cidade de Framingham (Massachusetts). José Junior foi preso por volta das 11 horas em seu apartamento, na Universal Street.

A vítima disse que entrou em discussão com o agressor porque ele queria ir a algum lugar e ela não. Segundo as informações do Promotor Batool Raza, o brasileiro a agarrou e a jogou ao chão. “Depois, subiu em cima dela e colocou as duas mãos em volta do pescoço e apertou”, disse.

Depois de algum tempo, ele desistiu e saiu do apartamento, entrou em seu carro. A vítima o seguiu e ficou atrás do veículo, mas Junior continuou dando ré, sem se importar com a namorada. Quando ela percebeu que ele não iria parar, saltou para o lado para não ser atropelada.

Na quarta-feira (12), ele compareceu ao Tribunal Distrital de Framingham e segundo o Promotor, duas testemunhas presenciaram esta cena do quase atropelamento. Ele foi indiciado por estrangulamento, agressão com arma perigosa (carro), violência doméstica e lesão corporal.

Raza solicitou ao juiz Martine Carrol que mantivesse o brasileiro preso sem direito a fiança, enquanto aguarda uma audiência para determinar se ele é ou não perigoso para a sociedade.

O advogado de Junior, Justin Wing, argumentou que seu cliente compareceu à corte e que sua namorada estava lá para dar apoio. “A confusão toda foi devido a barreira de línguas”, disse. Depois de analisar a situação, o juiz determinou US$750 dólares de fiança.

O brasileiro deverá retornar ao Tribunal em outubro para uma conferência de pré-julgamento.

Fonte: Brazilian Times