Publicado em 19/08/2015 as 12:00am

Rondonienses estão em segundo lugar no ranking em proporção de imigrantes e são destaques nos EUA

De acordo com o Ministério das Relações Exteriores, o total pode chegar a 3,7 milhões de pessoas em 201

(Angela Bretas)

Os Estados Unidos são o principal destino de brasileiros que vão morar no exterior (23,8%), seguido por Portugal (13,4%), Espanha (9,4%), Japão (7,4%), Itália (7%) e Inglaterra (6,2%), de acordo com dados do Censo divulgado nesta quarta-feira (16) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística -(IBGE). 

O IBGE informa na publicação que o número de brasileiros no exterior “é uma das questões mais controversas quando o tema migrações internacionais é abordado".  De acordo com o Ministério das Relações Exteriores, o total pode chegar a 3,7 milhões de pessoas em 2011. Segundo os dados do Censo, a origem de 49% dos emigrantes brasileiros foi a região Sudeste, principalmente São Paulo (21,6%) e Minas Gerais (16,8%), respectivamente primeiro e segundo Estados de onde mais saíram pessoas. Goiás foi o Estado de origem da maior proporção de emigrantes (5,92 pessoas para cada mil habitantes), seguido de Rondônia (4,98 por mil).

O Censo indica que a emigração internacional ocorre principalmente na faixa de 20 a 34 anos (60%) e entre mulheres (53,8%).

Localizado na parte oeste da Região Norte do Brasil, o Estado de Rondônia encontra-se em área abrangida pela Amazônia Ocidental. A maior parte do território do Estado de Rondônia encontra-se incluída no Planalto Sul-Amazônico, uma das parcelas do Planalto Central Brasileiro.

Dando um giro pelo túnel do tempo estas são apenas algumas das manchetes que envolvendo Rondonienses nos Estados Unidos:

2006- Jovem rondoniense acidentada na Florida  retorna a Vilhena graças a campanha da comunidade brasileira nos EUA: A jovem Cleuzenir Cores está de volta ao Brasil. A campanha junto à comunidade brasileira para arrecadar fundos para o transporte através de ambulância aérea foi um sucesso. Cleuzenir sofreu um acidente de motocicleta na Florida em outubro de 2006 e, desde então, estava entrevada num leito do North Broward Hospital.  O movimento conseguiu arrecadar mais de 33 mil dólares no domingo (15 de abril), quando voluntários estiveram em muitos estabelecimentos brasileiros no sul da Flórida para receber doações. “Vamos levar Cleuzenir de volta ao Brasil” conseguiu mobilizar centenas de pessoas e ela pode retornar ao país natal no dia 22 de abril, com toda a segurança e conforto.

2008 - Rondoniense é condenado à prisão perpétua nos EUA: O capixaba, radicado rondoniense, Jeremias Bins, 32, foi considerado culpado pelo duplo assassinato, em primeiro grau, da esposa Carla e o enteado Caíque de Souza. O crime aconteceu na cidade de Framingham, em Massachusetts, dia 20 de maio de 2006. Ele foi sentenciado à uma prisão perpétua por cada crime que cometeu.

Jeremias nasceu no Espírito Santo, mas aos seis anos de idade se mudou para Rondônia, sendo levado pelos pais, fixando residência na cidade de Santa Luzia D´Oeste. Ele ajudava a família em um pequeno sítio quando, no ano de 2003, resolveu aventurar-se nos Estados Unidos, onde começou a trabalhar como carpinteiro.

2008 – Rondoniense e finalista no Miss Brasil USA e destaque como modelo nos EUA:  A jovem Camila Bau, natural de Porto Velho, residente na Florida é destaque nas manchetes locais. Finalista no Miss Brasil USA se torna modelo e é destaque em fashion shows nos EUA.

2009- Rondoniense de Mirante da Serra é assassinada nos Estados Unidos: Há seis anos Sheila Carla dos Santos foi assassinada nos Estados Unidos, natural de Mirante da Serra RO, ela trabalhava como dançarina em clubs de strip tease da região de Massachussetts. O corpo da brasileira foi encontrado na entrada dos fundos do seu prédio, e as suas chaves ainda penduradas na fechadura, o que indica que ela voltava do trabalho. O ex-namorado de Sheila se entregou na polícia e foi considerado culpado.

2011- Militares de Rondônia participam de Curso da Swat nos Estados Unidos: Com o objetivo de se aperfeiçoar e buscar novos conhecimentos, quatro policiais militares do 5º Batalhão de Polícia Militar de Porto Velho estiveram em Orlando, na Florida, onde participaram do curso da Swat, realizado no mês de maio 2011.

Segundo os participantes, o curso foi fundamental para qualificá-los para atuar na segurança pessoal de personalidades artísticas e políticas e estão preparados até para fazer a segurança de um presidente, cargo político mais alto de um país. Além de treinamentos de tiro, durante o curso os participantes aprenderam regras de segurança; recarga tática e rápida; direção; rapel; manuseamento de pistolas; fuzis; metralhadores; prova de resistência, dentre outros. Participaram do curso o PM Ramalho; PM Machado; PM Penha e o PM Lasmar.

2011- Soldado Americano, ‘Rondoniense de Coração’ luta no Afeganistão. “Faço parte do exército americano e estou em Kandahar, ao lado de onde isso aconteceu, não concordo com a guerra, mas acredito em minhas missões aqui, nasci no Rio mas sou Rondoniense de coração, e estou aqui para atestar que esses soldados são uma ínfima minoria e como disse antes, já estão sendo julgados e com certeza serão condenados, criticar sem saber do que se está falando é muito fácil. Eu convivo aqui no dia-a-dia, meu batalhão já sofreu 17 baixas, mas acho que isso não conta. Estamos tentando reestabelecer a ordem e fazer com que o Afeganistão retome rumo da liberdade e democracia”.

2011 - Diretor de Escola representará Rondônia nos EUA: A Escola Estadual Hélio Neves Botelho, de Porto Velho, foi selecionada como “Destaque Nacional” em Gestão Escolar, ano base/2010, e representará Rondônia no Intercâmbio de Experiências de Diretores Escolares nos Estados Unidos. O Comitê Estadual de Avaliação, integrado por representantes da Seduc, Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Rondônia (Sintero), União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), Conselho Estadual de Educação, Universidade Federal de Rondônia (Unir) e Fundação Roberto Marinho, havia selecionado 15 escolas finalistas para o Prêmio Gestão Escolar, vencido pela Hélio Neves Botelho.

O diretor da escola, professor Nilson Gonçalves Vieira, está sendo orientado quanto ao procedimento diplomático para retirada do visto e demais documentos inerentes à viagem aos Estados Unidos. Segundo o diretor Nilson Vieira, o prêmio é uma soma de ações de todos os seus colegas de trabalho.

Fontes e dados para esta matéria:  Jornal Correio do Povo, Folha de Vilhena, Jornal Brazilian Times, Decom, Tudo Rondonia, MidiaExtra.

Fonte: Brazilian Times