Publicado em 28/08/2015 as 12:00am

Compositor Brasileiro nas telas de cinema do mundo

Atualmente Dudu Aram está compondo para o longa Shotcaller, do diretor americano Ric Roman Waugh

Dudu Aram, 33, compositor e produtor musical, vem lançando diversos trabalhos  na indústria de cinema nos últimos 4 anos nos Estados Unidos, Inglaterra e Brasil, dentre eles os mais recentes Self/Less, dirigido por Tarsem Singh,  atuado por Ryan Reynolds e o vencedor de Oscar, Grammy, Bafta e dois Globos de Ouro, Ben Kingsley, e  trilhas adicionais para o incrível e bem sucedido   documentário Amy, do diretor Asif Kapadia, o qual vem sendo grande sucesso por onde passa. 

E não  para por aí, recentemente acabou no Brasil o longa Operações Especiais, escrito e dirigido pelo diretor brasileiro Tomas Portella.  O longa narra a história de Francis (Cleo Pires) como uma policial novata que integra um time de policiais para operações especiais e juntos enfrentam o crime organizado e a polícia corrupta de Palmas. 

Atualmente Dudu Aram está compondo para o longa Shotcaller, do diretor americano Ric Roman Waugh (Snitch), com estréia prevista para 2016. A história é sobre um prisioneiro membro de uma gang, vivido por Nikolaj Coster-­]Waldau (Game Of Thrones) obrigado a liderar um crime com sua gang nas ruas do sul da Califórnia. A trilha assinada pelo talentoso vencedor de premiações, o compositor Antônio Pinto (Cidade de Deus, Senna, Collateral, Lord Of The War, Amy dentre outros) o qual convidou Dudu Aram para atuar como compositor adicional no filme. “Nos trabalhamos  juntos praticamente em todos os filmes. É uma parceria onde um completa o outro”, diz Dudu Aram.

Ano passado foi um ano recheado de lançamentos o qual integrou a equipe de compositores: O longa Trash, do diretor Stephen Daldry levou o prêmio de melhor filme em linguagem que não inglês, pelo festival de filmes de Roma de 2014, além de nomeações para os festivais BAFTA Awards, Camerimage-­]Golden Frog: Main Competition e Tallinn Black Nights Films Festival. Filmado no Brasil e finalizado em Londres (Abbey Road Studios / Pinewood Studios) em uma parceria entre a O2 Filmes (BR) e a Working  Titles  (UK).  Além de McFarland USA, o brasileiro  “A Noite Da Virada” como programador.

Fonte: Brazilian Times