Publicado em 21/10/2015 as 12:00am

Ex-morador de NJ é assassinado no Brasil

Rafael Bernardi, de 24 anos, residiu no bairro do Ironbound, em Newark (NJ), e foi morto com vários tiros na cabeça, em Goioerê (PR)

Da redação

Depois de analisar as peças do inquérito policial que apura a morte do jovem Rafael Bernardi, que foi executado com seis tiros de revolver enquanto estava dormindo em sua residência, na Avenida Daniel Portela, no centro de Goioerê, por volta da zero hora da última quarta-feira, 14, o delegado de polícia Silas Roque dos Santos determinou a realização de uma série de diligências.

Conforme o delegado, hoje há mais de uma linha de investigação, e todas as hipóteses estão sendo levadas em consideração. “Estamos fazendo um estudo da vítima, seus comportamentos e ações, e verificando a quem interessava a sua morte. A partir daí já temos pelo menos duas linhas de investigação” – salientou o delegado.

Outras pessoas deverão ser ouvidas no inquérito policial, visando a confirmação de informações recebidas pela equipe de investigação e que podem ajudar a elucidar o crime.

Segundo o delegado Silas Roque dos Santos, a investigação desse crime é a prioridade máxima da equipe da Polícia Civil de Goioerê neste momento.

O crime foi notificado à polícia pelo irmão da vítima, Gabriel Bernardi. Ele detalhou às autoridades locais que estava em outro quarto da casa quando ouviu vários disparos e, ao verificar, encontrou Rafael morto em cima da cama.

Na residência, foi encontrada uma pistola calibre 0.32 mm, com munições 7.65. Entretanto, o projetil encontrado próximo ao corpo é possivelmente calibre 0.38 mm.

Rafael morou no bairro do Ironbound e trabalhou como garçon em um restaurante local.

Fonte: Brazilian Times

Top News