Publicado em 2/11/2015 as 12:00am

Estudante de Manaíra é um dos 50 jovens embaixadores que representa Brasil nos EUA

O programa foi criado pela Embaixada dos Estados Unidos no Brasil e o primeiro grupo viajou em 2003

Jonathan Carvalho Souza, de 17 anos, é único representante da Paraíba que figura a lista de 50 adolescentes do programa Jovens Embaixadores que vão representar o Brasil nos Estados Unidos em janeiro deste ano.

Ele está no terceiro ano do ensino médio, faz o curso Técnico Integrado em Edificações no Instituto Federal da Paraíba em Princesa Isabel, nasceu em São Paulo, mas se mudou para a Paraíba aos seis anos e atualmente vive em Manaíra, a 370 km de João Pessoa.

Conforme divulgado nesta quinta-feira (29), os jovens embaixadores ficarão de 8 a 31 de janeiro de 2016, nos Estados Unidos.

Durante essas três semanas, eles passarão pela capital dos EUA, Washington (DC), e depois serão divididos em grupos e enviados para diferentes cidades norte-americanas, onde ficarão hospedados em casas de famílias voluntárias. Todos os custos da viagem, exceto o passaporte, ficam por conta da Embaixada dos Estados Unidos.

Os jovens participarão de reuniões com autoridades do governo dos EUA, líderes de ONGs, visitarão escolas e projetos sociais, participarão de atividades de voluntariado e, como representantes da juventude brasileira nos EUA, farão também apresentações sobre o Brasil, sua cultura e seu povo. No final da viagem, eles apresentarão um plano de ação na área de voluntariado que será implementado em suas comunidades após o retorno ao Brasil.

Jonathan disse ao Portal Correio que está muito feliz com a novidade e que quer aproveitar ao máximo toda a experiência que adquirir nos Estados Unidos para trazer o aprendizado para a Paraíba.

“Espero que eu possa representar o Brasil, nosso estado, minha cidade e minha escola nos EUA; que eu volte com uma bagagem enorme de conhecimento e aprendizagem; que eu consiga aproveitar o máximo de experiência e trazer esse conhecimento para a comunidade, a escola e influenciar outros jovens a participar desse projeto, que é magnífico”, afirmou.

O programa foi criado pela Embaixada dos Estados Unidos no Brasil e o primeiro grupo viajou em 2003. A partir de 2012, o programa passou a ser reproduzido em todos os países do continente americano. Desde o lançamento, 417 jovens brasileiros da rede pública de ensino já participaram do programa. Os parceiros nessa iniciativa são: o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e as Secretarias Estaduais de Educação, a rede de Centros Binacionais Brasil-Estados Unidos, e também as empresas FedEx, MSD, Microsoft, Bradesco, IBM e a Boeing Brasil.

Fonte: Brazilian Times