Publicado em 18/11/2015 as 12:00am

Polícia brasileira prende suspeitos de clonar cartões de brasileiros na Florida

A sede da quadrilha era em Miami, segundo as investigações

A Polícia Civil de Pernambuco apresenta, na manhã desta segunda-feira (16), o balanço de uma operação que prendeu pelo menos quatro suspeitos de associação criminosa, estelionato, furto mediante fraude e falsidade ideológica. A Operação Miami, como foi batizada, teve início na manhã da sexta-feira passada, com diligências realizadas no Recife e em Jaboatão dos Guararapes e cumpriu ainda sete mandados de busca e apreensão domiciliar e cinco conduções coercitivas.

Os suspeitos tem envolvimento nos crimes de associação criminosa, estelionato, furto mediante fraude e falsidade ideológica comprovados nas investigações realizadas durante seis meses, com apoio do Consulado Americano, sob coordenação do delegado João Gustavo, titular da Delegacia do Cordeiro. 

De acordo com a polícia, o grupo utilizava dados bancários de vítimas brasileiras para confeccionar cartões de crédito "clonados" que eram utilizados em compras e saques em dólar, nos Estados Unidos. As investigações apontaram ainda que a sede da organização criminosa ficaria nos EUA, na cidade de Miami, estado da Flórida.

A operação, coordenada pela Chefia da Polícia Civil de Pernambuco, foi realizada por 40 policiais civis entre delegados, agentes e escrivães.

Fonte: Brazilian Times

Top News