Publicado em 30/11/2015 as 12:00am

Brasileira que mora em NY fala do balanço positivo durante visita ao 'Castelo de Caras'

No Castelo de Caras, a piauiense festeja o balanço positivo de 2015

Com a carreira de modelo em constante ascensão, projetos beneficentes que ela faz questão de abraçar e um filho pequeno para criar sozinha em terras estrangeiras, no caso, New York, Lais Ribeiro (25) faz mágica para se desdobrar, dar conta de tudo e terminar o dia assim: linda, sorridente e pronta para a próxima.

“O mais típico é não ter uma rotina, não saber onde vou estar na semana que vem. No mercado da moda muita coisa acontece em um pequeno espaço de tempo. Sempre tento malhar logo pela manhã e depois sigo para algum trabalho, onde fico até a noite. Às vezes, a madrugada também! Se tenho a manhã livre, faço questão de levar meu filho à escola”, revela a top, citando o herdeiro, Alexandre.

Apesar da correria, a estonteante piauiense não descuida da atenção com o amado, o jogador de basquete americano Jared Homan (32), astro do time turco Eskisehir Basket, que lhe acompanhou ao Castelo de CARAS.

“Estamos juntos há dois anos. Jared é companheiro, me faz ainda mais feliz. Ter as pessoas que amo por perto é uma força. Meu filho e minha mãe — que moram comigo — são um impulso que me move”, declara Laís. “Sempre agradeço a Deus por tudo o que colho na vida, pelas pessoas que fazem parte e que me incentivam neste caminho”, acrescenta a bela.

Que balanço você faz de 2015? O espera para 2016?
Só tenho a agradecer. 2015 foi muito bom. Recebi o título de angel da Victoria’s Secret, pude estar ao lado do meu filho e da minha família, tive saúde para levantar da cama e correr atrás de algo novo. Isso para mim já basta. Acredito que a vida é generosa com você quando se vê o lado positivo em tudo. Não crio expectativas para o futuro. Vivo um dia de cada vez.

Você é uma das brasileiras de maior destaque mundial. Qual é o segredo para se manter no topo?
É como em qualquer profissão. Você precisa ter foco, se empenhar em tudo e ter respeito por quem trabalha com você. Isso faz qualquer profissional ir longe.

Como concilia sua agenda de top com a de mãe?
Todas as mães precisam se desdobrar, independentemente da profissão. Procuro estar presente na maior parte do tempo. Levar à escola, jantar junto... Coisas do dia a dia que têm importância imensa e das quais eu não abro mão.

E a saudade do Brasil?
Em NY há alguns mercados brasileiros onde dá para encontrar muito do que se tem de típico do Brasil. Isso ajuda a matar as saudades da comida, do feijão... (risos)

E sua rotina de exercícios?
Intercalo diferentes modalidades de esporte, para não criar uma rotina muito repetitiva. Faço boxe, muay thai, boot camp e standup paddle. Evito frituras e alimentos gordurosos, mas me rendo ao chocolate quando tenho vontade. Não pode ser uma neurose.

Já se sentiu pressionada em ter ‘o corpo perfeito’?
Quem aceita o desafio de conduzir uma carreira como modelo sabe que vai se deparar com cobranças assim, que são naturais neste mercado. Corpo, pele, cabelos, atitude, postura... Tudo faz parte de você e tudo isso é avaliado. É o seu instrumento de trabalho. O importante é saber lidar com isso de forma madura, se empenhar, ter muito foco e os pés no chão.

Fonte: Redação