Publicado em 20/12/2015 as 12:00am

Trump se une a Arpaio para combater imigração ilegal

Especialistas temem que uma "guerra" contra os imigrantes comece

O Republicano Donald Trump, pré-candidato a presidente dos Estados Unidos, se uniu ao xerife Joe Arpaio, do Condado de Maricopa (Arizona) em torno de combater a imigração ilegal no país. Os dois falaram para uma plateia, na quarta-feira (16) após um debate presidencial e ambos se mostraram unidos no mesmo pensamento.

Durante a apresentação de Trump, o xerife disse ao público: “Vocês são patriotas e tem um monte de gente – acreditem- que apoiam Donald Trump. Eles não assumem de público, mas quando entrarem na cabine de votação será o nome do republicano que escreverão”.

As questões de imigração têm sido a força vital da campanha pouco convencional, mas bem sucedida de Trump, incluindo as suas promessas de construir um muro na fronteira sul dos EUA, deportar os imigrantes indocumentados e barrar a entrada de muçulmano no país.

Além disso, o republicano também instigou a revolta da comunidade latina acusando-a de serem responsável pela decadência dos EUA, a entrada de drogas, prostitutas e doenças no país.

Especialistas acreditam que união entre Trump e Arpaio pode marcar o início de uma guerra contra a imigração ilegal. A multidão aplaudia a cada palavra dura que o republicano proferia contra os imigrantes. "Ninguém pode ser mais forte do que eu, na fronteira. Você já notou como meus adversários estão me copiando quando o assunto é imigração? Eles são todos fracos", disse.

Sem citar nomes Trump estaria se referindo aos Senadores Marco Rubio e Ted Cruz, que mudaram de opinião e começaram a se mostrar contra um caminho para a cidadania ou algum tipo de legalização para os cerca de 11 milhões de imigrantes indocumentados que vivem na América. "Agora eles estão tentando ser mais e mais como eu. Mas eles jamais serão", disse.

O republicano também se vangloriou de sua vitória no debate dos candidatos que aconteceu na terça-feira (15), em Las Vegas. Foram colocadas 11 urnas para avaliação dos presidenciáveis e Trump venceu em todas.  O empresário bilionário e estrela de reality show disse que as dezenas de milhares de apoio em comícios em todo o país são parte de um "movimento" que vai levá-lo para à Casa Branca.

Acusando seus adversários de serem mentirosos, Trump lembrou que Ted Cruz mudou radicalmente sua postura sobre a imigração. “Em 2013, ele estava do lado de quem queria fornecer cidadania para os imigrantes e agora ele diz que nunca apoiou a legalização e não tem intenção de apoiar”, disse.

Mas agora o que preocupa os ativistas e defensores dos direitos dos imigrantes é a união entre Arpaio e Trump, pois os ambos são anti-imigrantes e lutam a qualquer custo para combater a imigração ilegal no país. É esperar para ver o que acontecerá, mas muitos temem que a guerra e perseguição comecem e com um apoio milionário de Trump.

Fonte: braziliantimes.com