Publicado em 29/12/2015 as 12:00am

Conselho de Cidadãos se reúne com imprensa comunitária em Miami

A função do conselho é aproximar as relações entre a repartição e a Comunidade Brasileira da Flórida, além de debater, planejar e implementar projetos que beneficiem os brasileiros residentes no estado

Em sua última reunião do ano, realizada na sede do Consulado-Geral, no dia 16 de dezembro, o Conselho de Cidadãos da Flórida recebeu a imprensa comunitária para falar sobre papel do grupo e sobre os projetos que serão realizados ao longo do ano de 2016.

Na reunião estiveram presentes Laine Furtado, presidente da ABI Inter e editora da revista Linha Aberta, Tânia Costa, diretora de marketing da revista Linha Aberta, Chris Delboni, do blog Direto de Miami, do jornal Estado de S. Paulo, Carlos Borges, editor do site Focus Web News, Gilda Schneider, editora da revista Brazil USA – South Florida, e Caroline Volfe, Editora da revista Brazil USA – Miami.

Constituído em 13 de setembro de 2013, o Conselho é uma entidade consultora do Consulado-Geral em Miami. Sua função é aproximar as relações entre a repartição e a Comunidade Brasileira da Flórida, além de debater, planejar e implementar projetos que beneficiem os brasileiros residentes no estado.

Entre os projetos para 2016 apresentados à imprensa comunitária figuram:

a) a realização do ENCCEJA- Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos na Flórida e a criação de um curso preparatório para o exame, que acontecerá pela primeira vez no estado no início de 2017;   

b) Apoio às atividades da Portuguese International Parents Association (P.I.P.A);

c) Apoio ao Projeto-consórcio com o Latin American and Caribbean Center (LACC), da Florida International University (FIU), Miami Dade Public Schools e Consulado-Geral do Brasil em Miami,para a criação de um currículo completo e padronizado de língua portuguesa e cultura brasileira nas escolas públicas de Miami Dade County, do Kindergarten a 12ª série;

d) implantação de um Consulado em Orlando e pesquisa das necessidades da população brasileira na Florida Central quanto ao uso dos serviços consulares; e

e) parceria com o Conselho de Representantes de Brasileiros no Exterior (CRBE) e aproximação com os demais Conselhos dos Estados Unidos.

Fonte: braziliantimes.com