Publicado em 5/01/2016 as 12:00am

Brasileiro é preso por tentativa de assassinato e agressão a um policial de Milford

Brasileiro é preso por furar garganta de policial em Milford (MA)

Um homem que mora em Hudson (Massachusetts) é preso pela acusação de tentativa de assassinato e agressão a um policial da cidade de Milford (MA). Trata-se do brasileiro Argeu Silveira, 25 anos, teria cometido o crime por volta das 3:00 a.m. do dia 1º de janeiro na segunda cidade citada.

Segundo as informações do Departamento de Polícia de Milford, o 911 (número de emergência) recebeu uma ligação de um residente na Paula Road, informando que um homem hispânico afirmou que outro homem o estava procurando para matá-lo.

Quando realizou um patrulhamento nas imediações, o policial Russell Poissant informou que viu em uma entrada de garagem o sensor de luz acionando. Neste momento, ele encontrou o homem que mais tarde foi identificado como sendo o brasileiro Argeu, natural de Campo Grande (Mato Grosso do Sul).

O policial perguntou como poderia ajudá-lo e neste momento, o brasileiro investiu contra um carro que passava. Russell correu e tentou pará-lo, mas o brasileiro também o atacou e o perfurou na garganta.

Durante uma luta que se seguiu, Argeu enfiou o polegar nos olhos do policial tentando arrancá-los e depois começou a asfixiá-lo, segundo o boletim de ocorrência.

Outros policiais chegaram ao local e eles encontraram Russel e o brasileiro ainda em luta corporal. O oficial não conseguia acessar nenhum dos seus equipamentos. Isso porque o brasileiro estava por baixo com seus braços em torno da garganta do policial e as pernas em torno do tronco dele (policial).

Os policiais conseguiram deter a fúria do brasileiro. O policial agredido foi transportado para Milford Regional Medical Center, onde seus ferimentos foram tratados, o corte no pescoço, uma grave lesão no olho e no corpo.

Durante uma audiência no Tribunal Distrital de Milford (MA), os promotores afirmaram que o brasileiro admitiu ter ingerido álcool e fumado maconha durante a celebração na véspera de Ano Novo.

Argeu foi acusado de tentativa de homicídio, agressão por estrangulamento, agressão física, lesões corporais graves, agredir um policial, seis acusações de danos a propriedade, conduta desordeira e perturbação da paz. Foi determinada uma fiança no valor de US$50 mil.

Fonte: braziliantimes.com