Publicado em 25/01/2016 as 12:00am

Miss Brasil Teen USA encanta brasileiros

Com apenas 14 anos de idade, Emília já sabe o que quer, a dinamarquesa, que é filha de brasileira, foi ao Brasil para uma visita rápida e encantou os brasileiros

Emília Pedersen, Miss Brasil Teen USA 2015, acabou de regressar de uma viagem ao Brasil, na qual participou de vários eventos e programas de TV. Entrevistada por ninguém menos que Fátima Bernardes em seu programa “Encontro” a jovem tem colhido frutos de um trabalho realizado com dedicação e profissionalismo.

Com apenas 14 anos de idade, Emília já sabe o que quer, a dinamarquesa, que é filha de brasileira, foi ao Brasil para uma visita rápida e encantou os brasileiros. A jovem esteve no Programa da Record com Vanessa Campos, Programa “Ver Mais”, em Londrina, participou do evento de aniversário de 38 anos da Rádio Brasil Sul, juntamente com 28 outros cantores e bandas, foi recebida no palco pelo ex-prefeito de Londrina, Barbosa Neto. E também foi recebida no gabinete do atual Prefeito de Londrina, Alexandre Kireeff, onde a jovem entregou rosas brancas com bandeirinha da Dinamarca simbolizando Paz e Prosperidade para Londrina! Fez ensaio fotográfico para Loja de Grife Fernanda Nabhan, além de ser notícia em alguns veículos impressos e online.

Confira a entrevista que fizemos com a Miss.

 

O que mais te chamou atenção no Brasil?

Eu sou simplesmente apaixonada pelo Brasil, principalmente por Londrina que é a terra Natal da minha mãe. Adoro poder caminhar na terra vermelha e produtora de Londrina. E digo com orgulho também sou pé vermelho! Risos, e bicho do Paraná como são conhecidos os paranaenses. Todos os anos vou para Londrina duas ou três vezes. Adoro poder colher a manga do próprio pé. Não tem preco poder estar em contato direto com a natureza, coisas que não temos aqui onde eu moro nos EUA ou na Dinamarca e que muitas pessoas não sabem e numca viram um pé de manga.

 

Londrina hoje está praticamente debaixo de água e você esteve na cidade e entregou as flores simbolizando a paz. Conta como foi esse evento e qual mensagem você quer transmitir à população da cidade.

Foi uma emoção muito grande poder estar frente à frente com o homem que toma conta de uma cidade. Tive o prazer de entregar ao Prefeito Alexandre Kireeff um buquet de flores brancas com duas bandeirinhas da Dinamarca e disse a ele que estas flores brancas era para simbolizar a Paz e Prosperidade para a cidade de Londrina. Infelizmente hoje o sul do Brasil sofre vários danos com a chuva e e em Londrina foi declarado estado de emergência e alerta, assim como as cidades ao redor.  Estamos muito tristes com tudo que a população está passando e quero fazer minha parte e ajudar! Vou ver a possibilidade de promover uma campanha, já separei dez casacos meus para doação e vou tentar mobilizar a comunidade para poder ajudar essa população que sofre com os danos das chuvas.

 

Foram dias cheios de atividades, deu tempo de curtir a família?

Foi bem estressante, passei uns dias viajando entre Estados, pulando de um aeroporto para outro e muitos hotéis, mas valeu a pena e a família como sempre me dá o maior apoio e mesmo nesta correria de entrevista e viagens eu consegui juntar as minhas famílias, dinamarquesa e brasileira, e passamos o Natal e Ano Novo juntos! Foi uma maravilha poder estar em Londrina com um calor imenso e saborear a comida dinamarquesa feita pelo meus avós e tivemos até Papai Noel Dinamarquês e eles puderam saborear as delicias do Brasil como brigadeiro e guaraná.

 

Alguns eventos ocorrem imprevistos e soubemos que você teve de desfilar com sapatos, ambos pés esquerdos, como foi isso?

Sim eu desfilei com dois pés de sapatos de esquerdos e de números diferentes. Isso é que dá querer usar saltos igual os da mãe. Isto aconteceu no 38th aniversário da Radio Brasil Sul que encerrei desfilando só fui perceber quando cheguei ao evento e fui por meu salto, ai eu e minha mãe falamos ao mesmo tempo (yes, we can do it ) e rimos a minha sorte foi que meu vestido era longo mas eu estou acostumada a usar cores de sapatos diferentes desde pequena então no momento pensei sou Miss e andar de salto não é nenhum sacrifício, estou preparada  para homenagear o público brasileiro como eles merecem com elegância e carisma, e foi isto que eu fiz e ninguém nem desconfiou dos sapatos errados.

 

Fonte: Marisa Abel