Publicado em 25/01/2016 as 12:00am

Polícia prende suspeito de roubar loja brasileira em Norwood (MA)

Michael Matos foi preso depois de se envolver um acidente de trânsito

Um assalto à mão armada em South Norwood terminou com uma prisão, em Walpole, no final da tarde quinta-feira (21), depois que o motorista colidiu contra uma árvore. Segundo as autoridades, Michael Matos, 31 anos, foi acusado pela polícia de Norwood de três crimes: assalto à mão armada e mascarado, agressão com arma perigosa e agressão e lesão corporal.

O Departamento de Polícia de Norwood recebeu uma chamada por volta das 4:30 p.m. vinda de um funcionário do “Central Marketing & Travel”, em Norwood, informando que um homem com uma máscara e capuz tinha usou uma Taser (arma de choque) nele enquanto praticava um roubo na loja.

O porta-voz da polícia, Kevin Grasso, relatou que a vítima disse que viu o suspeito fugir em uma camionete com uma “plow” vermelha. Os policiais iniciaram a busca nas vizinhanças, baseado nas descrições. Quando avistou o veículo, um policial tentou pará-lo, mas o suspeito jogou seu carro contra a viatura.

Em dado momento, quando já estava nos limites de Wapole, Michael perdeu o controle a bateu em uma árvore. Ele foi preso e levado, sob custódia, para o hospital de Norwood, onde recebeu tratamento de lesões leves. O policial também foi levado para o hospital, mas sem ferimentos graves.

O departamento de polícia informou que ele estava com a carteira suspensa, e vai responder, além dos crimes já citados, por atingir uma viatura policial e causar danos matérias.

Um segundo suspeito, que estava no veículo, conseguiu fugir do local, mas foi detido logo em seguida. Ele não foi indiciado por nenhum crime, pois até então os policiais não conseguiram provas de que ele estava envolvido no roubo. Junto com Michael foi encontrado uma réplica de um revolver Smith & Wesson, mas o taser não foi encontrado.

A polícia esperou até que o suspeito fosse liberado do hospital para levá-lo a uma audiência. A princípio, ele teria relatado aos policiais que estava desesperado porque precisava pagar o seu aluguel e estava atrás de dinheiro.

Uma fiança foi estipulada no valor de US$150 mil para que ele responda o processo em liberdade. Michael deve retornar ao Tribunal em fevereiro para uma audiência de pré-julgamento.

Não foi informado o valor roubado pelo suspeito ou qual foi o prejuízo da loja.

Fonte: braziliantimes.com