Publicado em 26/01/2016 as 12:00am

The Ridgefield Play House promove MPB

O mês de fevereiro será marcado por uma série de shows que vai colocar a comunidade um pouco mais perto do Brasil

O mês de fevereiro será marcado por uma série de shows que vai colocar a comunidade um pouco mais perto do Brasil. No dia 03, o cantor Sérgio Mendes estará celebrando 50 anos da Brasil´66 em uma noite de jazz brasileiro.

No dia 11, será a vez de Bebel Gilberto, que trará uma mistura de músicas brasileiros e europeias, num mix de pop e eletrônico.

Também estão na lista de shows, o quarteto cubano Habana Sax e outros destaques musicais. O Brazilian Times conversou, com exclusividade, com Bebel Gilberto. Ela falou sobre seu show e o que o público pode esperar.

Brazilian Times - Você já está familiarizado com a comunidade brasileira nos EUA. Mesmo assim, o seu show muda de acordo com a região em relação ao público?

Bebel Gilberto - Meu show costuma ser o mesmo quando canto aqui ou no Brasil, mas este show, para alegria dos que vão ouvir pela primeira vez nos USA, será especial, com voz e violão.

BT -O que os brasileiros e demais pessoas podem esperar para este show?

BG - Será um show bem acústico e bem intimista.

BT -O que trará de novo para este show?

BG - Meu repertório dos meus discos e também algumas surpresas.

Estou concentrando em covers também.

BT -Como você avalia o cenário musical no Brasil?

BG - Acho o Brasil está numa fase encantadora, temos muita gente talentosa.

BT -O que é mais difícil, se apresentar para o público nos EUA ou no Brasil?

BG - Acho que o Brasil ganha. Sabe como é cantar no Brasil depois de cantar e fazer sucesso fora, é complicado.

BT -Como é sua relação com o seu público?

BG - Eu gosto de ser fiel, gosto de tocar o coração das pessoas. É muito especial a relação do cantor com o seu público.

BT -Qual mensagem diria à comunidade brasileira nos EUA?

BG - Gente, estou morrendo de saudade! Vamos matar a saudade nos meus shows agora em fevereiro?

Fonte: Luciano Sodré