Publicado em 26/01/2016 as 12:00am

Treze brasileiros são resgatados em naufrágio de iate na Flórida

Registrado no Brasil, o iate havia partido de Fort Lauderdale, na Flórida, sudeste dos Estados Unidos, com destino às Bahamas. Ainda não se sabe o motivo do naufrágio

Treze brasileiros foram resgatados nesta terça-feira, depois que o iate em que estavam naufragou na Flórida, nos Estados Unidos. Segundo a Guarda Costeira americana, o iate de 32 metros de comprimento "Serena III", ocupado por seis passageiros, seis tripulantes e o capitão, enviou um sinal de emergência por rádio VHF no final da tarde de segunda-feira. A embarcação está registrada no nome de Richard Paul Matheson, presidente da BrMalls, a maior empresa de shoppings do Brasil.

 

Uma patrulha da Guarda Costeira conseguiu resgatar o grupo, apenas 25 minutos antes de o iate afundar completamente em uma zona de águas profundas. O iate, que tem aproximadamente quatro anos, afundou a cerca de 1.200 pés, de acordo com o capitão Tim Morgan, que estimou o valor da embarcação entre US$ 10 milhões e US$ 15 milhões. Todos os ocupantes da embarcação são brasileiros e nenhum deles precisou de cuidados médicos.

 

Registrado no Brasil, o iate havia partido de Fort Lauderdale, na Flórida, sudeste dos Estados Unidos, com destino às Bahamas. Ainda não se sabe o motivo do naufrágio, mas, segundo os patrulheiros, o iate pode ter atingido algum objeto ao zarpar.

Fonte: braziliantimes.com