Publicado em 29/01/2016 as 12:00am

Brasileira do "American Idol" fala sobre sua participação no programa

Nascida em Worcester (Massachusetts), a naturalizada brasileira foi bastante elogiada pela cantora Jennifer Lopez e pelos outros dois jurados do programa, Keith Urban, Harry Connick Jr.

“O momento ainda é um sonho e estou vivendo uma das minhas maiores conquistas”. Desta forma, Jéssica Cabral começa o seu bate-papo com a redação do Brazilian Times. Ela foi aprovada para participar da última temporada do “American Idol”, nos Estados Unidos. Nascida em Worcester (Massachusetts), a naturalizada brasileira foi bastante elogiada pela cantora Jennifer Lopez e pelos outros dois jurados do programa, Keith Urban, Harry Connick Jr.

A jovem chegou aos EUA carregada na barriga de sua mãe que estava grávida de quatro meses. Junto com ela, veio uma grande família formada pelos pais, irmãos, avós, tias, tios e primos. Todos formavam um coral que se apresentava em igrejas em todos os Estados Unidos. “Eu estive rodeada por música a minha vida inteira. Não conheci nada diferente disso”, continua.

Jéssica conversou, brevemente, com a redação do BT e falou de sua participação no programa e o que espera para o futuro.

 

BT– Onde você vive atualmente?

Jéssica Cabral – Eu nasci em Worcester (Massachusetts), mas vivo em Los Angeles (Califórnia), com algumas amigas que estudavam comigo na universidade.

 

BT - Como ficou sua vida depois que se mudou para a Califórnia?

JC – Me mudei para Los Angeles há seis anos e neste tempo já tive muitas oportunidades bem incríveis! Já cantei com artistas ganhadores de Grammy e já viajei por todos os grandes estados norte-americanos unidos e também em fui a vários outros países com estes artistas. Também gravei e participei de vários projetos reconhecidos no mundo da música.  Também estou trabalhando em outros projetos. Não encontro muitos cantores brasileiros neste mundo de música, então é realmente um privilégio poder representar o país dos meus pais... o meu país.

 

BT – Quando decidiu participar do programa?

JC – Na realidade eu não decidi. Primeiramente, os produtores do American Idol me ligaram e pediram para que eu participasse do show. Como sempre gostei do programa, senti que eu precisava tentar.

 

BT – Quais foram as dificuldades para participar?

JC – As dificuldades de um programa como este são muitas e fica difícil enumerá-las. Mas cito uma que é a quantidade de pessoas talentosas que se inscrevem. Sinto-me privilegiada porque o show está me mostrando muito e estou aprendendo a cada dia.

 

BT – Como foi a sua reação diante dos jurados e dos elogios?

JC – Claro que foi um momento único e bem louco estar à frente de Jennifer Lopez, Keith Urban, Harry Connick Jr. Jamais pensei que eles iam reagir tão bem com a minha voz. Eu estava muito nervosa e preocupada, mas também animada e ansiosa para cantar para eles.

 

BT – O que vai acontecer agora?

JC – Na verdade não posso dar esta informação, mais saiba que estou em Los Angeles trabalhando duro para permanecer no programa e continuar trabalhando com o que mais gosto, que é a minha música.

 

BT – Você está recebendo algum treinamento do programa?

JC – Recebemos muito treino e ajuda, além disso, recebo acompanhamento de profissionais que estão me ajudando melhorar a minha, com presença de palco e muitos outros fatores importantes para me garantir no programa.

 

BT – O que você espera para o futuro?

JC – Para o meu futuro, espero continuar criando música e trabalhando com isso pelo país e por todo o mundo. Também tenho outros planos pessoais e grandes projetos para este ano, muitas mudanças e muita coisa boa vem por aí, graças a Deus.

 

BT – Como a comunidade brasileira pode te ajudar?

JC – Amo receber mensagens de apoio e saber que as pessoas estão torcendo por mim. Esta é a maior ajuda que eu tenho recebido nestes dias. O carinho e incentivo de todos me dá forças para fazer melhor a cada dia.

Fonte: Luciano Sodré