Publicado em 4/02/2016 as 12:00am

Mais 6 casos de Zika Virus confirmados na Florida

E no Texas, Departamento de Saúde confirma primeira transmissão da doença por via sexual.

O estado da Flórida está em alerta em relação ao Zika Vírus com a confirmação de mais 6 casos de contaminação, esta semana. Com os novos casos, sobe para 9 o número de infectados no Estado e para 32 o número de casos nos Estados Unidos. As informações são do Miami Herald.

Em Miami, os 4 casos confirmados foram de pessoas que contraíram a doença fora do país, durante viagens para a América Latina e Caribe.

Com os novos registros e a recente declaração da OMS - Organização Mundial de Saúde de Estado de Emergência Global, os Estados Unidos também se preparam para combater o mosquito e prevenir a doença.  Na região de Tampa Bay, o condado de Hillsborough - que já registrou duas vítimas- vem intensificando os trabalhos de prevenção, contratando pessoal específico para trabalhar no combate ao mosquito, espalhando remédios nas áreas de risco. A preocupação na Flórida é maior devido ao estado ter maior incidência dos mosquitos Aedes aegypti e Aedes albopictus, responsáveis pelo Zika Virus.

Nenhum dos casos da Flórida foi registrado em múlheres grávidas, o que não diminui a preocupação do condado de Miami, agora com 4 vítimas. Os outros casos foram detectados nos condados de Hillsborough/Tampa Bay Area (2); Lee County/Fort Myers (2); Santa Rosa County/Pensacola (1).

Transmissão sexual

Outra preocupação agora é em relação à possibilidade de transmissão sexual do vírus. O estado do Texas confirmou, ontem, o primeiro caso. Uma pessoa infectada em suposta viagem à Venezuela teria contaminado o parceiro por via sexual. A confirmação muda o direcionamento dos trabalhos de pesquisa e prevenção da doença.

No Brazil, desde outubro passado quando foram confirmados os primeiros casos da doença, mais de 4,000 casos microcefalia já foram registrados. A doença atinge recém-nascidos e é causada pelo vírus.

 

 

Fonte: Vanuza Ramos