Publicado em 10/02/2016 as 12:00am

Chef Isa Souza alerta que pessoas são deficientes de Vitamina D e não sabem

Muitas vezes a pessoa está deficiente de vitaminas e existe uma boa chance dela não ter ideia sobre isso.

Isso é o que aconteceu com a “Chef” brasileira que reside no sul da Florida, Isa Souza. A personalidade de TV que defende refeições fáceis, saudáveis e saborosas em seu programa "Isa Vida y Sabor" percebeu a carência de vitaminas depois de realizar um teste de Micronutrientes em Liquivita Lounge - um spa de bem-estar para a saúde, em Fort Lauderdale, Boca Raton, e Coconut Creek, FL.

Para a Chef Isa, foi uma surpresa ao descobrir que seu organismo era deficiente em vitamina D. Como a maioria das pessoas, ela ligava os sintomas de fadiga crônica a longas horas de trabalho e viagens - um erro comum em nas pessoas que tem trabalhos intensos.

Acontece que a vitamina D faz muito bem e o corpo a absorve muito bem, obtendo exposição solar suficiente, por exemplo. Mas quando fraca é que complica as coisas. De acordo com os Institutos Nacionais de Saúde, sem vitamina D suficiente, os ossos podem se tornar finos, quebradiços ou disformes.

Vitamina D suficiência impede problemas esqueléticos, como o raquitismo nas crianças e osteomalacia em adultos. Juntamente com cálcio, a vitamina D também ajuda a proteger os idosos da osteoporose, especialmente mulheres.

Mas verifica-se que não importa como as pessoas saudáveis pensam que são ou o quanto exercício elas praticam, há sempre uma boa chance de que elas são deficientes em alguma coisa. Há muito poucos alimentos que realmente têm níveis terapêuticos de vitamina D e até mesmo alimentos fortificados não contêm vitamina D suficiente para suportar as necessidades que o corpo precisa. A pior parte é que a maioria das pessoas não sabe que é deficiente até ela afeta a sua energia, humor global, ou após exames em um laboratório.

Tornando-se deficiente em vitamina D, foi uma dura realidade para a “Chef” Isa, que defende o bem-estar em seus programas de TV e em workshops sobre saúde que realiza nos Estados Unidos. Seus primeiros sinais foram fadiga crônica, falta de energia e motivação.

Isto forçou Isa a encontrar fontes alternativas para obter as vitamina carentes, rapidamente. Como a maioria das pessoas, ela começou uma busca casual no Google que a levou a IV nutritional therapy, um serviço que está se tornando muito importante. Também conhecido como terapia de infusão de vitamina, o tratamento é, na verdade, uma solução eficaz para a entrega de importantes vitaminas, minerais e aminoácidos diretos para a corrente sanguínea.

Como outras celebridades que elogiam esta tendência, ela também, considera esta uma solução pró-ativa para o que considera ser um grande infortúnio para uma apresentadora de TV.

Fadiga crônica não é brincadeira. Ao contrário, sensação de cansaço, fadiga crônica pode piorar com a atividade física ou mental, e não melhora com o repouso porque pode realmente estar relacionada com a depressão.

Para ganhar o controle, a “Chef” Isa agora usa a IV nutritional therapy para enfrentar sua deficiência de vitamina D, bem como outros problemas de saúde que afetam a população em geral. Por exemplo, uma infusão intravenosa de glutationa, funciona para desintoxicar o fígado e fortificar as células, enquanto abranda o envelhecimento.

Se glutationa não é reposta, pode aumentar a sinais visíveis de envelhecimento, afetando particularmente a aparência natural e jovem da pele. A glutationa é um antioxidante mestre que, com a idade, continua a se esgotar e fica difícil para o corpo produzir a sua própria. Quando os níveis estão baixos, é possível expor o organismo a doenças graves mais tarde.

"O fato é que o seu corpo não absorve todos os nutrientes que você dá para ele e quando percebemos isso, precisamos tomar algum tipo de ação", disse Isa.

Além da IV nutritional therapy, Isa defende “alimentos fortes" que têm um impacto significativo na saúde em geral. Considerado outra maneira eficaz para alimentar as mais elevadas concentrações do corpo de certas vitaminas, minerais, fitonutrientes e aminoácidos. Em sua pesquisa, ela encontrou um nutricionista bem respeitado e registado pelo nome de Manuel Villacorta, M.S. R.D., que também evangeliza na televisão o poder do “Peruvian Power Foods”.

A natureza tem a sua própria maneira de dar ao corpo mais do que é necessário e é realmente uma questão de identificar eventuais lacunas o mais cedo possível para tomar medidas contra a fadiga crônica e outras doenças. Manuel recomenda o consumo de pichuberry, uma pequena fruta que tem origem na Cordilheira dos Andes, no Peru. De acordo com o seu livro "Peruvian Power Foods", o fruto também é uma excelente fonte de vitamina D, com 39% de sua capacidade diária necessária servido em 3/4 de um copo.

"Pesquisas mostram que withanolides suprime as substâncias cancerígenas e estresse oxidativo. Ele também tem um baixo índice glicêmico de 25, tornando-se uma fruta amigável para a perda de peso e redução da diabetes”, diz Manuel.

Para mais informações, ligue para o telefone (561) 866-6069.

 

Fonte: braziliantimes.com