Publicado em 10/02/2016 as 12:00am

Florida tem 16 casos de Zika vírus confirmados, sendo 2 em Broward

Não existe um medicamento específico para combater o vírus e o tratamento é feito apenas para aliviar os sintomas

O Estado da Flórida já registra oficialmente 16 casos de Zika Virus, segundo boletim oficial da Secretaria Estadual de Saúde divulgado na terça-feira, dia 9. Desses casos, dois foram confirmados no condado de Broward e 6 em Miami-Dade (veja lista completa no quadro abaixo).

A preocupação maior do Secretário Estadual de Saúde, Dr. John Armstrong, é melhor equipar os hospitais e centros de saúde da Flórida e providenciar treinamento aos profissionais de saúde, para permitir o diagnóstico rápido e tratamento adequado da doença.

Até agora, todos os casos registrados são de vítimas infectadas fora dos Estados Unidos, de acordo com o relatório da Secretaria. E também não há nenhum caso de mulher grávida contaminada.

Na quinta-feira, o governador Rick Scott já havia declarado estado de emergência na Flórida e solicitou ao CDC- Centro de Controle e Prevenção de Doenças, um lote extra de 1,000 kits de anticorpos que permitem saber se a pessoa é ou já foi portadora do vírus Zika. A Florida atualmente tem capacidade para testar apenas 475 pessoas.

Os testes estão sendo recomendados especialmente nas mulheres grávidas que tenham viajado, recentemente, para países considerados de risco, como os da América Latina e do Caribe.

Enquanto isso, o Secretário de Saúde pede para que os residentes da Flórida tomem os cuidados preventivos, já conhecidos dos brasileiros, como não deixar água parada, reforçar o uso de telas nas portas e janelas, e também o uso constante de repelentes.

Durante as próximas duas semanas o CDC deverá conduzir uma série de chamadas em conferência para trabalhadores da área de saúde, especialmente obstetras, para esclarecimentos sobre a doença.

 

Sintomas ficam incubados por 4 dias

O zika vírus é transmitido pelo mosquito Aedes Aaegypti e pode ficar incubado até quarto dias. A partir do quinto dia os sintomas começam a se manifestar e podem durar até 7 dias. Os sintomas são os mesmos da Dengue: dores no corpo, dor de cabeça, febre, olhos vermelhos e surgimento de pontinhos vermelhos pelo corpo. Mas ao contrário da Dengue, a Zika tem febre mais leve e uma coceira característica. A Zika vem sendo relacionada com a síndrome neurológica que causa paralisia, a Síndrome de Guillain-Barré, e também com casos de microcefalia.

 

Tratamento

Não existe um medicamento específico para combater o vírus e o tratamento é feito apenas para aliviar os sintomas. São recomendados o uso de paracetamol -sob orientação médica-, repouso e a ingestão de muito líquido.

Conforme orientações do Ministério da Saúde, deve-se evitar o uso de ácido acetilsalicílico e anti-inflamatórios, o que pode potencializar o risco de complicações hemorrágicas, como acontece com a dengue.

Fonte: Vanuza Ramos