Publicado em 22/02/2016 as 12:00am

Brasileiro tenta fugir da polícia ao ser abordado no trânsito em Natick (MA)

Luis Correia correu por cerca de 200 metros, mas desistiu e se entregou

Um homem correu da polícia de Natick (Massachusetts), na quarta-feira (17), depois que os policiais pararam o veículo SUV por não ter registro.

Segundo as informações, o brasileiro Luis Correia, 53 anos, fugiu por cerca de 200 metros, mas parou e se entregou. Segundo os registros apresentados no Tribunal Distrital de Natick, na quinta-feira (18), ele ficou em posição fetal e disse estar arrependido do que tinha feito.

O policial Ryan Killeen disse em seu relatório, que estava parado no trânsito, na East Central Street, por volta das 6:30 p.m., quando foi averiguar aleatoriamente a placa dos carros à sua volta. Ele escolheu a SUV Ford Explorer que parou ao seu lado. “Quando puxei a ficha, descobri que o registro estava suspenso e tentei abordar o condutor na Pond Street”, disse.

O policial relatou que no veículo havia duas pessoas no banco da frente tentando mudar de lugar. Isso é mal”, escreveu ele. Quando o SUV parou, Correia saiu, mas Killeen pediu para ele retornar para dentro. “Ele não obedeceu a ordem e começou a correr”, continuou.

Quando os policiais o apanharam, o brasileiro disse que correu porque estava com muito medo. Ele disse que sua licença tinha sido suspensa há uma semana antes do fato devido a múltiplas violações de tráfego.

O proprietário do veículo, que era o passageiro, disse que não sabia que Correia não deveria estar dirigindo. Ele (dono) alegou que não estava conduzindo o veículo porque estava embriagado.

Os policiais prenderam Correia e o acusou de dirigir com carta de habilitação revogada por habituais infrações de trânsito e também responderá por não parar para a polícia.

Fonte: braziliantimes.com