Publicado em 26/02/2016 as 12:00am

Preço dos ovos de Páscoa da Garoto nos EUA revolta brasileiro no Brasil

A unidade dos produtos é comercializada a US$ 1,99, enquanto que no Brasil o mesmo ovo sai por R$30,00

O produtor de TV, Luciano Dias, de 35 anos, publicou uma imagem que gerou grande polêmica está dando o que falar nas redes sociais: ovos de Páscoa da Garoto sendo vendidos a $1,99 em um supermercados nos Estados Unidos. Mesmo com a alta da moeda, o custo é de cerca de R$ 8,00 pelo produto de 215g, que sai por aproximadamente R$ 30 nas lojas brasileiras. “Olha gente, quem quiser eu vou deportar estes ovos de volta para o Brasil para vocês comprarem aí”, brincou ele.

Isso quer dizer que o chocolate fabricado no Brasil está 73% mais barato. A foto que Luciano postou foi compartilhada mais de 35 mil vezes no Facebook, além de diversos comentários revoltados sobre a imensa diferença de preço e a inflação no Brasil.

Luciano também se revoltou, pois dizer ter 17 sobrinhos no Brasil e que se fosse comprar ovos para todos, gastaria cerca de R$1.000,00. “Isso é inaceitável e acho repugnante uma loja vender os produtos parcelados. Quer dizer você come um ovo agora e fica pagando até a próxima Páscoa”, relatou.

“Estou assustado. Pessoas do mundo todo estão mandando fotos de ovos de Páscoa. No Brasil, tudo tem muitos impostos. Aqui (em Orlando), a gasolina custa 45 centavos por litro”, explica o produtor de TV, que mora na Europa, mas está passando dois anos em Orlando, nos Estados Unidos, para estudar.

Algumas pessoas chegaram a duvidar do preço e para provar o que estava falando, Luciano resolveu gravar um vídeo dentro de um supermercado e mostrar que há uma diferença exorbitante em outros produtos que também são fabricados no Brasil, mas custam muito pouco nos EUA. “Como eu faço edição de vídeo e para não haver dúvidas, eu gravei ao vivo, sem cortes para mostrar tudo”, explicou ele por telefone ao BT.

No vídeo, ele mostra que alguns produtos da Bauduco, fabricado em São Paulo, que custam cerca de R$3,00 no Brasil e nos Estados Unidos é vendido há menos de 90 centavos o mesmo produto. “Mesmo se for converter em reais, não dá para explicar um produto que sai do Brasil, atravessa vários países e custa este preço”, fala.

 

CANAL VEM PRO MUNDO

Luciano é dono de um canal no You Tube onde ele dá dicas de como viajar pelo mundo sem gastar mundo. Há 13 anos na frente deste projeto, ele conta que já passou por mais de 40 países e visitou cerca de 500 cidades. “Já estive em países africanos e no leste Europeu, além da Europa e outros lugares”, continua.

Uma das curiosidades que ele percebeu por onde andou foi que até mesmo em países considerados mais pobres que o Brasil é que a prática da venda de produtos parcelados não existe.

O produtor mostra como é fácil e barato viajar pelo mundo. Ele ensina como se divertir e conhecer diferentes regiões sem gastar muito dinheiro. “Convido a todos para conhecerem o meu trabalho e curtirem o meu canal”, fala.

Para saber mais sobre este projeto é só entrar no You Tube e procurar o termo “Vem pro mundo” ou acessar o link https://www.youtube.com/channel/UCzDlYRj2crOviW_iE3kAPrQ.

 

 

Fonte: braziliantimes.com