Publicado em 16/03/2016 as 10:00am

Mais uma estrela brilha no céu

Tomich deixará saudades

A coisa que sempre mais me impressionou em Lúcio Tomich era sua alegria de viver, um jeito permanentemente juvenil e otimista, que contrastava com os sérios problemas de saúde que ele enfrentou em boa parte de sua vida. Sua dedicação e apoio às artes e cultura me aproximaram muito e nos tornamos bons amigos, mesmo que à distância. Iria entrevistá-lo para meu talk show, no dia 23 de março, em Boston, e os detalhes dessa entrevista nós conversamos exatamente um dia antes de sua partida.  Foi um choque. Era um a pessoa muito, mas muito querida MESMO!

 

Carlos Borges, Jornalista e produtor - Idealizador do Miss Brasil USA e do Brazilian International Press Award

 

***

É difícil acreditar que isso tenha acontecido. Nós tínhamos uma amizade de 25 anos e toda a minha família gostava muito dele. Foram anos de muitas gargalhadas, participações nos shows, nas noites da época do Ipanema. Ele sempre estava presente, dando aquela força e era um amigo e tanto. E tudo que ele fazia era de coração. Ainda estou bastante abalado e confesso que vai ser difícil substitui-lo, pois na minha opinião ele era o melhor colunista social brasileiro nos Estados Unidos. Sempre soube colocar suas notas, sérias ou engraçadas, de forma coerente de maneira que não magoava ninguém. Em 25 anos de amizade, eu jamais ouvi alguém falar mal dele ou dizer que não gostava do Tomich. Ele era querido por todos e fará uma falta sem tamanho. A mensagem que eu deixo para tosos é que sempre se lembrem do Tomich nos momentos alegres em que ele transmitia vida para todos.

 

Carlos da Silva - Produtor de eventos

 

***

Eu o conheci no ano de 2000, e mandei uma matéria sobre um casamento de uma amiga minha que foi feito num barco em Boston. Ele amou e me disse o seguinte "achei minha parceira"... E desde então ficamos amigos, nos ligávamos constantemente, por text, via FB e nos shows, então fazíamos a bagunça. Sempre ficava ao lado dele para ter com ele certos cuidados. Eu me preocupava com o bem estar dele.Na última vez que estivemos juntos foi no show do Wesley Safadão no clube Lido. Fomos juntos para a área VIP e lá conversamos, rimos, tomamos umas... enfim, ele estava feliz por me ver feliz, pois nesta noite eu dancei e cantei o tempo todo e ele estava impressionado com minha alegria. Perdi um grande amigo de confiança, uma pessoa que eu muitas vezes pedi conselhos. Ele me incentivava com meus projetos de bailes, sempre me incentivava com a minha coluna Gaúcha da Fronteira no BT, até com minha cachorrinha ele tinha o maior carinho - a chamava de "Belinha Estrelinha" - toda vez que me ligava, perguntava por ela... Estou muito triste sim. Fiquei meio sem chão desde a hora que soube da notícia. Mas sempre vou tê-lo em minha mente através de fotos e textos que eu vou guardar. A ele desejo um caminho de muita Luz e Paz

 

Márcia Pretto, produtora de eventos

 

***

Fica a saudade da pessoa amiga, do professional competente, tão atencioso que sempre se dispunha do seu tempo enviando mensagens carinhosa como "Bom Dia Amiga", e das surpresas nas notinhas na Coluna das Estrelas.Serei sempre grata pelo reconhecimento que ele tinha pelo meu trabalho e a divulgação do mesmo. Perdi o amigo Wolfgan Tomich, mas as boas lembranças vão permanecer para sempre em meu coração.

 

Rayanne Sabara Rodrigues - Designer de doces

 

***

Foram tantos aniversários, nunca esquecíamos um do outro, afinal você era dia 12 e eu dia 13. Foram tantas fotografias juntos e muitas e muitas conversas no Facebook, por telefone, enfim... anos e anos sempre de alguma forma em contato. Hoje digo que vou sentir sua falta, suas palavras de carinho, suas atitudes com especial gentileza sempre, que às vezes me deixava até sem graça. Sem palavras para demonstrar todo o carinho e respeito que sempre tive por você, que com certeza já é uma Estrela que brilha no céu, assim como nos fazia brilhar na sua "Coluna das Estrelas". Descanse em Paz!

Rita Mondardo - produtora de eventos

 

***

 

Muito... Muito triste mesmo com sua partida meu querido amigo! Nem estou acreditando que não vou mais escutar você me chamando de "miga", todos os Sábados e Segundas, me apressando para mandar minhas novidades para o jornal... Hoje, estou de luto junto com toda a comunidade brasileira nos Estados Unidos pela perda de um grande amigo querido, do Colunista número um! O único Colunista das Estrelas.Muito obrigada, querido mestre, pela oportunidade, pelas lições, pela parceria, pelas risadas! E por todo o carinho comigo sempre por tantos anos! No Dia das Mulheres ainda lhe disse que teríamos que fazer o Dia do Tomich, só que gostaria de ter colocado esta ideia em prática com você aqui entre nós... Vá com Deus meu querido! O amor e carinho por ti serão eternos! Siga em paz #CoraçãoDoendo #NãoQueroAcreditar

 

Shariane Hillier - Apresentadora, blogueira, estilista

 

***

O jornalista LÚCIO “WOLFGANG” TOMICH, considerado por todos o Colunista das Estrelas, faleceu na segunda-feira, 14 de março de 2016, aos 55 anos. A notícia foi um choque para todos que o conheciam, e de forma ainda mais intensa na região de Boston, onde Lúcio tem milhares de seguidores e um público fiel à sua coluna no jornal Brazilian Times, que começou a ser publicada exatamente no dia 14 de março de 1995, há 21 anos.  A diretoria da ABI Inter expressa seus mais sinceros sentimentos a esta jornalista que durante tantos anos trabalhou servindo a comunidade brasileira nos Estados Unidos. A ABI Inter presta sua última homenagem a Tomich no site oficial  e no Facebook da entidade. Nossos pêsames aos familiares, amigos e colegas de profissão. Sentiremos saudades!

 

Laine Furtado - President ABI INTER (Brazilian International Press Association)

 

***

“Agradável, brincalhão, alegre, caçoista eram alguns dos adjetivos que qualquer pessoa que o conhecesse daria a Lúcio Wolfgang Tomich. Esse que era seu modo de ser faz parte das características de um bom colunista social tanto nos EUA, quanto no Brasil ou em qualquer parte do mundo. Suas páginas descontraídas brindavam os leitores do Brazilian Times há mais de duas décadas com notas sociais dos mais comentados eventos de New England e antecipavam os ‘gossips’ que estariam na boca da plebe. Convivi com Tomich, em Boston, nos meus primeiros anos de Redação do Brazilian Times, há 15 anos atrás. Assim como para seus milhares de leitores e fãs que encontravam com ele nas principais festas de Massachusetts, era agradável tê-lo conosco na Redação sempre alegrando a todos. Com a súbita morte do “Colunista das Estrelas”, a comunidade brasileira dos EUA perde um expoente no colunismo social, seus leitores perdem uma das mais agradáveis e descontraídas páginas do BT. E nós, da Mídia, perdemos um colega de trabalho que sempre trazia leveza e alegria ao ambiente sério de uma Redação”.

 

Gilvan De Sergipe - Diretor-Executivo da  ABI Inter (Associação Brasileira de Imprensa Internacional)

 

***

Quando eu conheci o Tomich, jamais imaginei que pudesse conhecer uma pessoa tão doce, humilde e um ser humano sem precedentes. Eu recebi a notícia de sua morte com muito pesar. Ele era uma pessoa que me tratava com muito respeito e carinho. Eu sempre o admirei, tanto a ele quanto ao seu trabalho. Tenho certeza de que a imprensa jamais será a mesma sem ele e sentirá muito a sua morte. Tomich era um profissional que procurava fazer o seu trabalho da melhor forma possível e de maneira séria. Não será fácil encontrar alguém que cubra a lacuna deixada por ele. Quero declarar que estamos junto com a dor da família, pois nós também estamos chorando a sua ausência. Tomich, mesmo doente, sempre nos falava palavras de conforto, transmitia alegria que nos deixava mais vivos. Obrigado, meu amigo, pelos momentos felizes e horas divertidas que passamos conversando.

 

Walter Mourisso - Pastor Evangélico

 

***

Que lindo você era. Meu Gordinho “Toto”, sua essência, um ser humano incrível. Apenas boas lembranças tenho de você, sempre tão alegre. Descanse em paz, meu querido amigo, que sempre fez da sua Coluna algo prazeroso de ler e ver! Suas palavras sempre doces. Admiração eterna! Vou colocar em práticas as dicas do grande e “eterno Colunista da estrelas Toto”... Meu coração está partido. Tá doendo muito. Eu sempre ia visita-lo e lavava para ele o favorito dele – pão de queijo – que comia com a boca tão boa de dar gosto. Tomich, nunca reclamou de nada, sempre sorridente e cheio de alegria. Ele sempre viveu o hoje. Por isso, te digo amanhã o carinho de todos. Amava ir aos eventos brasileiros e eu sempre que podia, o acompanhava nos shows. Estou sentindo muito com essa perda. Tomich, hoje sua estrela brilha no céu e sei que ela está cuidando de mim e de todos que tinham um carinho por você. Vá em paz, Toto. Loyrinha Alvernaz chora a sua perda. Deus sabe todas as coisas. #Deusnocomandosempre

Enfermeira Irenilda Alvernaz,- mora em Framingham (MA).

 

Fonte: braziliantimes.com

Top News