Publicado em 21/03/2016 as 8:00am

"Baixinho" perde luta contra câncer na garganta

O mineiro foi tratado no Cambridge Hospital, na cidade de Cambridge (MA), onde realizou diversas sessões de quimioterapia.

Na madrugada de sexta-feira (18), mais um brasileiro morre nos Estados Unidos depois de perder uma intensa luta contra o câncer. Hernane Pires, mais conhecido na comunidade brasileira em Massachusetts como "Baixinho", era natural de Caratinga (Minas Gerais) e tinha 51 anos de idade. Ele morava nos Estados Unidos há mais de 20 anos e antes de residir em Massachusetts, morou na Flórida, onde deixou uma grande lista de amigos.

Em Massachusetts, Baixinho estava morando nos últimos anos na cidade de Somerville, com amigos. Mas depois que soube da enfermidade, ele decidiu ir morar com seu irmão, na mesma cidade. Ele foi diagnosticado com câncer na garganta há aproximadamente oito meses. Desde então, ele vinha travando uma luta contra esta doença.

O mineiro foi tratado no Cambridge Hospital, na cidade de Cambridge (MA), onde realizou diversas sessões de quimioterapia. Mas o tratamento não deu resultado e nas últimas semanas, Baixinho estava bastante debilitado e não conseguia mais lutar contra a doença. Nem falar ele estava conseguindo. A morte dele foi registrada às 2:30 AM de sexta-feira (18).

Considerado uma pessoa de bom coração, Baixinho adorava fazer amizades e era comum vê-lo rindo e brincando com todos à sua volta. Antes da doença, ele trabalhava como “Handy-man” e também atuou na área de construção civil. Ele era um constante frequentador da redação do Brazilian Times, onde cultivou uma grande amizade com toda a equipe deste jornal. "O Baixinho era gente boa pra caramba, pessoa maravilhosa, engraçada. Todos gostavam dele, tudo que tinha de bom, ele tinha. Era na dele. Não brigava, não ficava nervoso", disse Christiane Paiva, uma das melhoras do mineiro.

Baixinho gostava de estar sempre cercado por muitas pessoas e fazia questão de estar em todas as festas para a qual era convidado. Segundo informações da família, o corpo de Baixinho será cremado as cinzas serão entregues para a família. Não foi informado se elas ficarão nos EUA ou enviada ao Brasil, onde ele tinha um filho.

 

A DOENÇA

Todos os anos cerca de 24 mil pessoas são diagnosticadas com câncer de garganta nos Estados Unidos. Comumente conhecido como câncer de laringe, câncer de garganta afeta a caixa da voz e os tecidos circundantes na garganta. Embora as causas reais de câncer na garganta ainda sejam desconhecidas, é principalmente relacionado ao tabagismo junto com abuso de álcool.

O uso excessivo de tabaco (cigarros, charutos, tabaco de mascar ou rapé) e bebidas alcoólicas são muito associados com câncer de boca, garganta, cordas vocais e da língua. Outras causas prováveis incluem exposições longas e agudas ao pó de madeira, fumaça de tinta, e certas substâncias químicas empregadas no trabalho com metais, petróleo, plásticos e indústrias têxteis.

Pessoas que sofrem de deficiência de vitamina A e infectadas com o HPV (papilomavírus humano) também estão em maior risco de adquirir câncer de garganta.

Câncer de garganta é cerca de cinco vezes mais comum em homens do que em mulheres e é comumente detectado em pessoas entre as idades de 55 a 65 anos.

Fonte: braziliantimes.com

Top News