Publicado em 31/03/2016 as 12:12pm

CASO GLEIDSON: Hospital confirma que brasileiro tem poucos dias de vida

Uma grande polêmica gerada em torno da matéria publicada na edição de quarta-feira, dia 30 de março, com o título "Em Massachusetts, filho pede para ver os pais antes de morrer".

Uma grande polêmica gerada em torno da matéria publicada na edição de quarta-feira, dia 30 de março, com o título "Em Massachusetts, filho pede para ver os pais antes de morrer". Isso porque alguns internautas e até pessoas próximas à família entraram em contato com a redação do Brazilian Times para desmentir e assegurar que Gleidson Gonçalves não está em fase terminal. A matéria foi qualificada como mentirosa e que não havia fontes para provar as afirmações em questão. Mas o BT obteve acesso à carta enviada pelo Dana-Farber Cancer Institute à Embaixada dos Estados Unidos em Brasília. No documento, a direção do hospital onde o rapaz está internado afirma que Gleidson realmente tem pouco tempo de vida e destaca a urgência da presença dos pais nos Estados Unidos para ver o filho antes dele morrer. A redação do Brazilian Times também torce para que a notícia mude seu percurso e Gleidson, que tem Leucemia, encontre um doador para salvar a sua vida. Mas segundo os próprios médicos, isso será difícil de acontecer, pois ele já passou por um transplante de Medula Óssea e sofreu rejeição. A publicação da matéria foi motivada pela ânsia de ajudar e sensibilizar as autoridades norte-americanas em agilizar o processo para a liberação do Visto aos pais do rapaz. Em nenhum momento houve mentiras, confirme pode ser lido na carta enviada pelo Dana-Farber. A entrevista dos pais de Gleidson acontece hoje na Embaixada norte-americana em Brasília.

Fonte: Brazilian TImes

Top News