Publicado em 1/04/2016 as 8:00am

Mulher encontrada enforcada em Framingham (MA) é brasileira

Mulher é encontrada enforcada

O Departamento de Polícia de Framingham (Massachusetts) anunciou que, na noite de quarta-feira, dia 30 de março, uma mulher foi encontrada morta e as suspeitas são de suicídio. Segundo os investigadores, ela estava pendurada do lado de fora da janela de seu apartamento, na Wilson Street.

O porta-voz da Polícia, Stephen Cronin, disse que “aparentemente a mulher amarrou a corda em algum lugar fixo no quarto e se jogou pela janela. Ele acrescentou que a morte ainda permanece sob investigação.

Nas redes sociais, alguns internautas disseram que a mulher é brasileira e que o nome dela é Karina dos Santos e que tinha 36 anos de idade. O Brazilian Times pesquisou em seus arquivos e nos registros policiais e descobriu que realmente existe uma mulher no endereço citado com o nome de Karina Santos Benjamin, com a mesma idade citada pelos internautas.

Em abril de 2009, ela se envolveu em problemas com a polícia por conduta desordeira. Segundo as informações, Karine foi presa depois por perturbação da ordem pública na Waverley Street.

Desde janeiro do ano passado os registros de suicídio na comunidade brasileira em Massachusetts se tornou uma preocupação tanto para as autoridades quanto para líderes religiosos e ativistas comunitários. Isso levou a criação deum grupo chamado “Solidariedade USA”, o qual tem promovido palestras e workshop no sentindo de tratar sobre este tipo de assunto.

Lídia Souza, uma das organizadoras, já disse em entrevista ao Brazilian Times anteriormente, que a maior parte dos suicídios são motivados pela Depressão e que este problema deve ser levado mais a sério. Segundo ela, muitas pessoas escondem que sofrem da doença e as pessoas só descobrem quando é tarde demais, “Por isso é muito importante manter uma conversa com pessoas sob suspeitas de estarem passando por este problema”, fala ressaltando que “o afastamento aumenta ainda mais a crise”.

Fonte: braziliantimes.com