Publicado em 7/04/2016 as 9:10pm

Juiz Sérgio Moro participa de palestra nos EUA

O evento, intitulado BrazUSC (Brazilian Undergraduate Student Conference), ocorre na Universidade de Chicago, entre sexta e sábado.

O juiz Sergio Moro viajou nesta quarta-feira (6) para os Estados Unidos, onde participa de uma conferência com estudantes brasileiros. O magistrado é o principal palestrante confirmado para a sexta-feira (8) a noite. O evento, intitulado BrazUSC (Brazilian Undergraduate Student Conference), ocorre na Universidade de Chicago, entre sexta e sábado.

Segundo a descrição da Conferência, o objetivo do encontro é “educar, inspirar e conectar estudantes brasileiros no exterior, desafiando alguns dos jovens mais brilhantes do Brasil a resolverem os desafios socioeconômicos do país”.

Entre outras personalidades que vão palestrar no evento, estão a ex-ministra Marina Silva (Rede), o ex-ministro da Fazenda do governo Dilma Rousseff (PT), Joaquim Levy, e o médico Drauzio Varella.

A BrazUSC, organizadora do evento, foi criada por um grupo de alunos brasileiros em 2013 com o objetivo de estabelecer uma plataforma para estudantes universitários ligados pela nacionalidade. De acordo com a descrição, a conferência é uma forma se conectar com estudantes de graduação brasileiros das melhores universidades do mundo.

 

Tranquilidade

Enquanto isso, quem assume os processos da Lava Jato na 13ª Vara Federal de Curitiba é a juíza substituta Gabriela Hardt. Nesta quarta, ela já determinou que sejam remetidos esclarecimentos da defesa do ex-ministro José Dirceu para autoridades mexicanas nas versões em português e espanhol. O pedido de compartilhamento já havia sido autorizado por Moro.

Gabriela deve ficar na função pelo menos até a próxima terça-feira (12). Durante esse período, é esperada certa tranquilidade no andamento das atividades da operação Lava Jato. No dia 13 começam as audiências dos réus do processo contra José Bumlai. A juíza substituta Gabriela Hardt é a responsável pelo andamento dos processos relacionados à Lava Jato na Justiça Federal do Paraná, enquanto Moro fica nos EUA.

Fonte: braziliantimes.com