Publicado em 20/04/2016 as 11:00am

Gêmeos brasileiros são presos por fraudar cartões de crédito no Condado de Broward

Os documentos apresentados pelos investigadores mostram que as transações feitas pela dupla aconteceram ao longo de 11 dias

Irmãos gêmeos brasileiros são acusados de fraudar bancos no Condado de Broward, na Florida, usando cartões de créditos falsos, segundo informou o Departamento de Polícia de Miramar.

Segundo as informações, Luciano de Proença, 30 anos, foi preso no dia 7 de abril em um caixa eletrônico do Third Bank, em Miramar. Leandro de Proença foi levado sob custódia uma semana depois, quando ele apareceu no Tribunal do Condado de Broward, em Fort Lauderdale, para uma audiência de fiança do seu irmão.

Os documentos apresentados pelos investigadores mostram que as transações feitas pela dupla aconteceram ao longo de 11 dias, começando em 28 de março. Eles realizaram 103 saques de um ATM, em uma filial do Third Bank, na cidade de Miramar. Além disso, também sacaram dinheiro 55 vezes em outra filial do banco, em Pembroke Pines. O total levantando pela dupla com as transações foi de $37.532,00, de acordo com relatórios policiais.

No momento da prisão de Luciano, ele tinha alguns cartões de crédito que foram recodificados para funcionar como se fossem de bancos do Reino Unido e Austrália. Eles estavam no banco do passageiro em um Jeep que estava com o acusado. Todos tinham um código e uma senha anexados neles.

Os investigadores não detalharam como os dois realizavam o crime e quais técnicas utilizavam para fraudar os cartões. Também não foi informado quando eles devem retornar ao tribunal para uma conferência de pré-julgamento.

Fonte: braziliantimes.com