Publicado em 9/05/2016 as 1:00pm

Brasileiro em Stoughton (MA) luta para adotar criança na África

Um ano depois, Sérgio continuou mantendo contato com menino, identificado por Frasier.

Depois de uma viagem missionária realizada no Malawi (África), o pastor Sérgio Santos sofreu uma grande reviravolta em sua vida. Em encontrou uma criança deitada do lado de fora de uma loja de conveniência. Imediatamente ele percebeu que o menino estava quase desmaiando de fome e parou para conversar com ele.

O brasileiro, que mora em Stoughton (Massachusetts) e ministra na Revival Church for the Nations na mesma cidade, comprou biscoitos e iogurte e deu ao necessitado.

Um ano depois, Sérgio continuou mantendo contato com menino, identificado por Frasier. Mas o carinho e amor pela criança cresceu tanto que ele decidiu adotá-la oficialmente. Para isso, solicitou permissão do chefe da vila e da avó do garoto.

O pai biológico de Frasier já é falecido e sua mãe é muito pobre e não tem condições de criá-lo. Atualmente, o menino chama o brasileiro de “pai” e a sua esposa de “mãe” e disse que está ansioso para morar com eles. Sérgio quer trazê-lo para morar nos Estados Unidos e o criá-lo como filho.

Mas além da autorização e permissão que ele solicitou, ainda é necessária a quantia de US$10 mil, que será gasto para custear as despesas de adoção nos EUA. Segundo ele, o processo no Malawi já está quase concluído e quando mais rápido ele conseguir o dinheiro, mais cedo terá o menino em solo americano, ao seu lado.

Para levantar a quantia, o pastor iniciou uma campanha no site do Go Fund Me e quem quiser colaborar é só acessar o link https://www.gofundme.com/frasiersadoption e fazer uma doação de qualquer valor. Além disso, uma feijoada beneficente será realizada no dia 15 de maio que será realizada no Sunshine Brazilian Restaurant, em Stoughton.

Para ajudar ou obter mais informações, ligue no telefone (781) 367-9608 ou (781) 608-1943. Pedidos de feijoada serão aceitos por telefone. Até o fechamento desta edição já havia sido arrecadados cerca de $1,200.00.

Fonte: braziliantimes.com