Publicado em 18/05/2016 as 8:00pm

43 imigrantes tornam-se cidadãos dos EUA em Brandon (VT)

A cerimônia de Juramento aconteceu na Neshobe School, onde estavam também alguns brasileiros

Ather Jassim era um homem feliz na quarta-feira, dia 11, durante uma cerimônia de Cidadania realizada na cidade de Brandon (Vermont). Ele e sua esposa, Mithaq Ali Mahdi Mashkoor, deixaram o Iraque para trás e se mudaram para os Estados Unidos em busca de uma nova vida. A mulher, uma estudante de cosmetologia, estava entre os 43 imigrantes que receberam a Cidadania dos estados Unidos.

A cerimônia de Juramento aconteceu na Neshobe School, onde estavam também alguns brasileiros.  Os políticos locais, veteranos de guerra, familiares e alunos se sentaram no interior ginásio da escola para prestigiar os novos cidadãos deste país. A felicidade estava exposta no rosto de cada um dos imigrantes.

Após a cerimônia, Mashkoor saiu para uma tarde de primavera. Seu marido e parentes a esperavam nas proximidades. Fotografias foram tiradas, sua família desfilou na grama em ternos elegantes olhando para o futuro.

O marido de Mashkoor e seu irmão Ali Alhwaidari traduziu o que ela falava, pois ainda não domina o idioma inglês. "Ela disse que está se sentindo muito bom", disse Alhwaidari. A família fugiu de Bagdá para escapar da violência.

"Antes de vir para os Estados Unidos eu trabalhei como a segurança dentro da Zona Verde", disse Jassim, referindo-se à seção do governo de Bagdá. "Eles me deram um visto especial porque, você sabe, a vida no Iraque não é fácil".

Ele afirmou que “a vida (no Iraque) está ficando perigoso para se viver e que está com sorte de estar nos EUA e ser um novo americano".

Os professores de Neshobe usaram a cerimônia para ensinar aos alunos sobre a imigração e a história americana. A juíza Colleen Brown - que presidiu a cerimônia - agradeceu a escola pelo acolhimento. Ela disse que a maioria das cerimônias de naturalização ocorrer dentro de câmaras judiciais. "É uma experiência muito diferente quando podemos realizar algo assim em contato direito na comunidade", disse.

A Senadora Peg Flory (R-Rutland), e o Senador Brian Collamore (R-Rutland), deu as boas-vindas aos novos cidadãos, que migraram de 19 países, incluindo a China, a Ucrânia e o Brasil.

Fonte: braziliantimes.com