Publicado em 30/05/2016 as 9:00am

Brasileiro é preso por causar acidente que matou sua esposa

Deeiyvid é acusado de estar dirigindo embriagado e negou a acusação de homicídio ao volante

Um residente de Lowell (Massachusetts), de 36 anos de idade passou seu aniversário na prisão, enquanto a sua esposa estava no necrotério, segundo informou os promotores, no dia 19. Tudo aconteceu depois que o brasileiro Deeiyvid Hoepers causou um acidente por dirigir embriagado no dia 17 de maio.

Ele teve a sua fiança estipulada no valor de S25 mil em dinheiro depois que ele se declarou inocente, durante uma audiência no Tribunal Distrital de Concord (MA), pela acusação de homicídio ao volante, dirigir embriagado, operar veículo motorizado negligentemente e violar as faixas de sinalização.

A polícia de Acton foi acionada no início da madrugada do dia 17 para atender a uma ocorrência de um carro em chamas, que havia pegado fogo após colidir com um poste na Central Street.

Ao chegar no local, a equipe de resgate entrou encontrou a esposa do brasileiro, Shannon Milhomme-Hoepers deitada do lado de fora do veículo. Mais tarde descobriu-se que um vizinho presenciou a cena e correu para ajudar. Ele retirou a mulher e o homem do carro em chamas e os arrastou para longe das chamas.

Os bombeiros tentaram fazer os primeiros-socorros em Shannon durante o seu transporte até o Emerson Hospital. Mas ao chegar lá, ela foi declarada morta.

Os policiais disseram que tentaram conversar com Deeiyvid, ainda na cena do acidente, “mas ele estava meio inconsciente”.  O homem foi levado para o Boston Medical Center, onde um dia depois, um detetive do Departamento de Polícia de Acton o visitou. O homem informou à polícia que ele e sua esposa saíram naquela noite para jantarem, mas depois tomando uma cerveja cada um, em um pub na cidade de Littleton, antes de voltarem para casa.

"Um cervo pulou na frente do carro que me forçou a desviar do caminho e perder o controle do veículo", disse ele à polícia. Ainda segundo o Promotor, “ele disse que não se lembrava de nada depois disso até que ele acordou na grama e viu as luzes vermelhas dos carros de bombeiros".

Uma amostra do sangue de Deeiyvid foi recolhida uma hora após o acidente e mostrou um alto teor de álcool, segundo informou as autoridades, bem como um teste positivo para cocaína.

Uma bartender disse à polícia que Deeiyvid e sua esposa chegaram no bar por volta das 11:00 p.m. da noite anterior. Ela disse que ele bebeu uma cerveja e meia, meio shot de uísque e metade de um White Russian, um coquetel feito à base de vodca e creme de leite.

Um barman informou que o homem não aparentava equilíbrio quando saiu do bar. Ele também disse à polícia que o casal parecia estar discutindo, pois viu Shannon em lágrimas mais de uma vez, enquanto eles estavam no bar. “Eles saíram do local 00:20 a.m. e partiu em alta velocidade”, disse.

O Brazilian Times não conseguiu informações sobre a naturalidade de Deeiyvid, mas em sua página no Facebook, a grande maioria dos parentes é de Santa Catarina. Ele recebeu muitos votos de apoio por parte de amigos e mensagens de ânimo para enfrentar este momento difícil de sua vida.

Fonte: braziliantimes.com