Publicado em 1/06/2016 as 3:00pm

Brasileiros protestam em NY contra o governo Temer

Fernando Henrique Cardoso, que iria ao evento, cancelou a participação depois que um grupo de intelectuais ligados à universidades brasileiras havia se manifestado contra sua presença.

Centenas de acadêmicos especializados em América Latina protestaram nessa sexta-feira (27), em New York, contra o contra impeachment da presidenta Dilma Rousseff. A manifestação aconteceu na abertura do congresso da LASA, associação de mais de 12 mil integrantes e instituições que estuda a América Latina.

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso foi convidado para debater no evento no sábado, mas cancelou sua participação quando soube que teriam protestos contra o impeachment.

A manifestação foi organizada pelo Conselho Latino-Americano de Ciências Sociais (CLACSO), instituição internacional não governamental com status associativo na UNESCO e que reúne 542 centros de pesquisas voltados para ciências sociais e humanitárias em 41 países da América Latina, Estados Unidos, Canadá, Alemanha, Espanha, França e Portugal.

Os acadêmicos vestiam camisas pretas, onde se lia “Brasil. A democracia de luto. Não ao golpe”.

O conselho diretivo da LASA, que celebra seu 50º aniversário, aprovou na véspera, por unanimidade, uma moção de repúdio ao golpe, decisão que foi anunciada na abertura do Congresso.

FHC cancelou a participação depois que o grupo de intelectuais ligados à universidades brasileiras havia se manifestado contra a presença do ex-presidente devido ao posicionamento favorável do tucano ao processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff.

Fonte: braziliantimes.com