Publicado em 1/06/2016 as 6:30pm

Decisão que "legaliza" milhões de imigrantes pode sair em junho

A previsão dos ativistas está certa, pois segundo especialistas em imigração, as decisões da Suprema Corte são publicadas somente nas segundas

Uma notícia que circulou nas redes sociais nesta terça-feira, dia 31 de maio, deixou muitos imigrantes eufóricos. Ativistas latinos publicaram uma nota de que a Suprema Corte vai decidir sobre as ordens executivas do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, em uma segunda-feira.

A previsão dos ativistas está certa, pois segundo especialistas em imigração, as decisões da Suprema Corte são publicadas somente nas segundas. O ânimo aumento porque existem quatro segundas-feiras antes do recesso.  Isso significa que o resultado pode ser publicado nos dias 6, 13, 20 ou 27 de Junho.

Caso seja positiva em favor dos imigrantes, o presidente Obama terá o direito de colocar em vigor a sua ordem executiva, que concederá uma autorização de trabalho e Social Security para quem está legal no país e cumpre algumas exigências, entre elas o de ter um filho ou pai nascido nos EUA e estar vivendo aqui por mais de cinco anos.

As condições para pedir a permissão são:

- estar presente em território americano há pelo menos cinco anos

- ter um filho com cidadania americana ou residência permanente ('green card'), nascido antes de 20 de novembro de 2014, sem importar a idade.

- para os jovens: estar presentes em território americano desde 1º de janeiro de 2010 (em vez de 15 de junho de 2007), ter chegado aos Estados Unidos antes dos 16 anos, ter completado ao menos o ensino médio e não apresentar antecedentes criminais.

Na prática, a implementação dos decretos literalmente blinda milhares de pessoas do risco da deportação, uma das demandas mais importantes das entidades de defesa dos imigrantes.

Fonte: braziliantimes.com