Publicado em 3/06/2016 as 6:00pm

Fundação Icla da Silva precisa de doadores de Medula óssea

Entenda melhor como você pode ser um doador ou um voluntário e assim ajudar a salvar vidas em todo o mundo

A ONG Icla da Silva foi criada no ano de 1992 pelo baiano Airan da Silva, após ele ter perdido sua irmã mais nova, Icla da Silva, vítima de leucemia. Na época Airan já morava em New York com a família e Icla veio para os Estados Unidos em busca de um transplante, mas faleceu sem encontrar um doador compatível. Pouco antes de morrer ela escreveu uma carta para a mãe dizendo que queria ajudar a todos, que assim como ela, sofrem com leucemia. Assim foi criado o instituto que, em homenagem a ela, recebeu seu nome.

Com sede em New York e atuante também em Massachusetts, Florida, Califórnia e Porto Rico, a organização sem fins lucrativos, é atualmente o maior centro de captação de doadores de medula óssea de todo o território americano. A doação serve para salvar vidas não só de pacientes que estão nos Estados Unidos, mas em todo o mundo.

Em Massachusetts a capixaba Maria Tschaen é a representante da fundação, que tem por objetivo ajudar pacientes portadores de leucemia e outras doenças do sangue a encontrarem um doador compatível de medula óssea. “O maior desafio da fundação é educar as pessoas sobre a importância de se registrar como possíveis doadores de medula óssea, pois devido a falta de informações, muitos deixam de se registrar, e assim acabamos perdendo muitos pacientes”, relata Maria que atua a frente da organização, cuidando da divulgação e captação de doadores e novos voluntários, através de campanhas em igrejas, eventos e estabelecimentos. “Fazemos o possível para salvarmos vidas”, afirma.

Para ser um doador de medula óssea basta ter entre 18 e 44 anos, preencher um cadastro e fazer um esfregaço com quatro cotonetes nas partes internas da bochecha. O material recolhido é levado pela ONG para análise de compatibilidade. Independente do status imigratório a pessoa pode registrar-se como doador ou como voluntário. “A doação de medula óssea é um ato de solidariedade humana, pois você só pode doar em vida”, relata Maria.

Atualmente Maria conta com um time de 30 pessoas, intitulados por ela como “Anjos Voluntários”, que a ajudam na captação de doadores durante os eventos. Para mais informações sobre como ser um doador ou um voluntário aqui no Estado de Massachusetts, basta entrar em contato com ela no telefone 617 519 3850.

Nos próximos dias o instituto estará presente nos seguintes locais:

- Dia 11 de junho, a partir das 5pm na igreja São Tarcísio em Framingham – 562 Waverly St.

- Dia 12 de junho das 11am a 1:30 na igreja Templo dos Milagres em Malden.

Fonte: Thais Partamian Victorello