Publicado em 3/06/2016 as 11:27am

GMB denuncia decisão do Governador de reinstaurar programa anti-imigrante

Essa decisão coloca em risco centenas de famílias que hoje vivem refém do medo e escondidas

O Grupo Mulher Brasileira denuncia a decisão do governador Baker de reinstaurar no estado o programa Comunidades Seguras, autorizando a polícia estadual a trabalhar com a imigração. Essa decisão coloca em risco centenas de famílias que hoje vivem refém do medo e escondidas. Estas mães e estes pais são trabalhadoras e trabalhadores que saem de manhã e não sabem se voltam para casa e cujos filhos, muitos cidadãos norte-americanos, sofrem com a ação desumana de autoridades que foram eleitas para proteger os residentes do estado e não para aterrorizar a população.

Governador Baker, você sabe o que a sua decisão significa para uma vítima de violência doméstica? Quantas mulheres abusadas você acha vão confiar na polícia e procurar ajuda das autoridades quando ameaçadas? Estas mulheres fazem parte de uma população em risco e que estará sujeita a riscos muito maiores por causa da sua decisão de reinstalar o Comunidade Seguras.

O programa Comunidades Seguras mudou de nome mas não de objetivo: separar famílias, prender e deportar trabalhadores sob a falsa alegação de que está prevenindo atos de terrorismo e tirando criminosos perigosos das ruas. Isso não é verdade. Em 2011, o jornal The Boston Globe reportou que 52% dos deportados em conseguência do programa não tinham antecedentes criminais.

O Grupo Mulher Brasileira manifesta sua profunda preocupação com o estado emocional da nossa comunidade que já vem acuada com políticas de caça aos imigrantes promovidas pela administração Obama. Nós precisamos de autoridades que promovam o bem comum, a solidariedade e a união. O Governador, não satisfeito em propor o REAL ID e impedir que todos os residentes de Massachusetts tenham acesso a uma carteira de motorista, promove o terror em nossas comunidades. 

O Grupo Mulher Brasileira agradece ao prefeito Walsh por sua liderança, por ser uma voz forte em defesa dos imigrantes e por reconhecer a contibuição dos imigrantes à cidade de Boston. Conclamos nossa comunidade a se organizar, levantar-se e lutar contra aqueles que insistem em perpetuar a operessão e a divisão de nossas comunidades.

Fonte: Brazilian Times