Publicado em 3/06/2016 as 1:00pm

Projeto social "Brasileirinho" pede ajuda de brasileiros nos EUA

O objetivo é retirar as crianças e adolescentes das ruas de Magé, no estado do Rio de Janeiro

“Me dê uma bola eu retiro 30 crianças e jovens das ruas”, disse Patrick Veloso, fundador e treinador do Instituto Esportivo e Cultural Brasileirinho. “O logo do projeto é um campo de futebol, desenhado dentro de um quadro negro escolar e com mãos de crianças segurando estes dois elementos.  Queremos com o verde dar esperança o amarelo (Ouro) conquistado através da educação, estudo, formação e o campo representa o esporte em geral (futebol a paixão nacional)”, continuou.

O brasileiro Patrick Veloso, 49, natural de Nova Iguaçu-RJ, desde muito jovem trabalhou voluntariamente em organizações esportivas não governamentais, que tinham como intuito principal educar e disciplinar crianças e adolescentes de comunidades carentes promovendo a inclusão social através do esporte.

Depois presenciar a diferença que um projeto social pode fazer na vida de uma criança e perceber que em sua comunidade existia uma grande necessidade de manter os jovens focados, disciplinados e longe da criminalidade e o mundo das drogas.

Patrick tomou a decisão de também fazer a diferença e fundou em 2007 na cidade de Magé-RJ, o Instituto Esportivo e Cultural Brasileirinho com um total de 75 crianças, adolescentes e colaboradores. O carioca superou grandes desafios como o de arrecadar doações para colocar em prática o projeto de seus sonhos e conseguiu dessa maneira dá o pontapé inicial que mudaria para sempre a história de centenas de brasileirinhos do nosso Brasil.

Depois de decidir que o projeto Brasileirinho faria parte de sua vida a partir daquele ano, chegou o momento onde Patrick passou a procurar por pessoas que acreditavam em seu projeto e que pudessem unir forças para que os primeiros passos fossem dados. Por está localizado em uma comunidade de baixa renda e com um índice crescente de crimes, tudo tornou-se ainda mais difícil e desafiador, mas com o apoio de patrocinadores e doações vindo de vários lugares. Hoje o Instituto Brasileirinho já é reconhecido por sua excelência em formar jovens atletas e por estar mudando a realidade da cidade de Magé-RJ.

A escolinha abriu suas portas e recebeu no primeiro mês crianças e adolescentes entre 7 e 17 anos de idade, para fazer a iniciação esportiva no Futebol de campo, Basquete, Handball, Futsal. Apesar de todas as dificuldades financeiras encontradas incialmente, o projeto oferece SEM CUSTO algum aos alunos instrução e material necessário para todos os treinos e competições. Para Patrick o mais importante é que todas as crianças venham a ter as mesmas oportunidades de crianças que podem pagar por uma mensalidade em uma escolinha esportiva privada.

Necessidade

A maior dificuldade da Instituto Brasileirinho é apoio de material e financeiro. Para que esse projeto continue a fazendo a diferença na vida dessas crianças e de toda a comunidade, o Instituto Esportivo e Cultural Brasileirinho conta com o apoio e a solidariedade dos brasileiros que vivem no EUA, para fazer parcerias esportivas, educacionais e doações de bolas, meias, cones, camisas, chuteiras, coletes, canetas, lápis, etc que podem ser enviadas para o endereço do projeto no Brasil.

Com o aumento da criminalidade nas comunidades em Magé-RJ, Patrick espera que com o projeto Brasileirinho possa continuar distribuindo esperança para centenas de jovens que sonham por um futuro melhor.

Patrocinadores que apoiam o projeto Brasileirinho

Abel Braga (Técnico de futebol), Fábio Braga, Dr. Luis Felipe Neves, Bruno Carcanho, Paulo Cesar, DogBier Lanchonete, Dr. William Cavalcante, genro de Carlos Alberto Parreira, Zé Augusto Nalin, Augusto e Itamar do Audax, Nauro, Maiza, Marcelo, Bruno, Dona Maria, Tia Iara, Rosângela, Professora Tânia Moll de Souza, Nivan Almeida, Elivar, Antonio Albino, Aninha, Selma, Valdecir.

Conta bancária para doações no Brasil

Instituto Esportivo e Cultural Brasileirinho (CNPJ23.245.692/0001-33)

Banco: Caixa Econômica Federal

Agência: 0183

Operação - 003 C/c: 3103-9

Endereço para enviar doações:

Rua 18, número 199 - Bairro Jardim da Paz - Praia de Mauá - Magé – CEP 25.930-000

Telefone residencial: 21-2631-5748

Celular: 21-98736-7340.

Sede do Projeto Brasileirinho

Estrada Real de Mauá, número 121, Loja 4, (2 andar)

Bairro Jardim da Paz- Praia de Mauá - Magé – RJ - CEP25.926-684

Em frente ao posto de gasolina SP - Na Figueira

Contato

Patrick Veloso

Email: institutoecbrasileirinho@gmail.com

Site: www.cesbrasileirinho.wordpress.com

Fonte: Milena Bittencourt