Publicado em 15/06/2016 as 11:00am

Representante da "Vamos Falar Português" visita consulado em Miami

O projeto aguarda aprovação do Condado de Palm Beach, previsto para outubro próximo. Em caso positivo, a escola iniciaria as aulas em agosto de 2018.

O Cônsul-Geral do Brasil em Miami(Florida), Hélio Vitor Ramos Filho, recebeu, no dia 7, o empresário André Martins, ex-presidente e atual membro do conselho da Fundação “Vamos Falar Português”, para anunciar o projeto de criação de escola “charter” sob patrocínio daquela entidade sem fins lucrativos.

O projeto aguarda aprovação do Condado de Palm Beach, previsto para outubro próximo. Em caso positivo, a escola iniciaria as aulas em agosto de 2018.

O senhor Martins, coordenador do projeto da escola, antecipou que o estabelecimento, com capacidade prevista para 2 mil alunos, terá classes de ensino fundamental (“K-8 school”) e, no futuro, de ensino médio (“high school”). Explicou que, inicialmente, a escola, nomeada “Olympus International Academy”, oferecerá português em programas de “after-school”, mas que pretende, depois de três ou quatro anos, implantar currículo completo bilíngue.

De acordo com o projeto, a escola também terá foco no esporte de alta performance: o terreno já adquirido terá 16 quadras de tênis e 2 campos de futebol. André Martins agregou que também firmou convênio com academia de polo hípico da região.

Na visão do empresário, o estabelecimento da escola poderá fortalecer a Fundação “Vamos Falar Português, que expandiria assim suas atividades. A entidade dispõe de programas de aulas de português e de cultura brasileira, oferecidas sem ônus à comunidade durante todo o ano, nas cidades de Miami, Miramar, Boca Raton e Deerfield Beach.

O Cônsul-Geral ofereceu o apoio institucional possível ao projeto, que se insere na política do Consulado-Geral de apoio ao ensino do português na Flórida. Essa mesma política já contribuiu, por exemplo, para o estabelecimento da “Downtown Doral Charter Elementary School”, iniciativa que se tenta replicar também na Academia Gulliver.

Fonte: braziliantimes.com

Top News