Publicado em 18/06/2016 as 8:00am

Comunidade faz campanha para ajudar brasileira presa ao tentar travessia pelo Canadá de bicicleta

Mulher foi detida pela imigração, enquanto o marido conseguiu escapar. Filhos do casal entraram legalmente no país com a avó paterna

Após terem o pedido de visto negado no Brasil, o casal Vivian Najla, 23 anos e Marcelo de Freitas, 39, resolveram tentar a sorte e entrar nos Estados Unidos pela fronteira com o Canadá. Como os filhos do casal, Nicolas de 5 anos e Nicole de 1 ano e 2 meses, conseguiram o visto, eles entraram legalmente no país na última sexta-feira, dia 10, com a avó paterna, que reside aqui há 15 anos e os buscou no Brasil, enquanto Vivian e Marcelo fariam a travessia de bicicleta pelo Canadá, para aqui se encontrarem.

Semana passada eles saíram de Porto Alegre (RS), com destino ao Canadá e quando foram fazer a travessia da fronteira entre os dois países, em duas rodas na madrugada do dia 10, foram surpreendidos pelos agentes de imigração. Marcelo conseguiu escapar e voltar para o Canadá, mas Vivian não teve a mesma sorte e foi detida, sendo levada para o presidio de Strafford, localizado em Dover (NH).

Ao saber do ocorrido, a avó ficou desesperada ao se ver sozinha com os netos pequenos e sem poder fazer muito pelo filho e a nora. Devido a problemas pessoais, ao chegar em Massachusetts com os netos, ela se viu sem casa para morar e recorreu a um conhecido que mora em Medford, para dar abrigo a ela e as crianças. “Ela me pediu ajuda, pois não tinha onde ficar com as crianças”, relatou um jovem que está ajudando a família, mas prefere não ter o seu nome divulgado. Segundo ele, Marcelo está no Canadá trabalhando para enviar dinheiro para ajudar as crianças e para ajudar com os custos do advogado para tirar Vivian da prisão. “Já conseguimos uma advogada para tentar a fiança para a Vivian, mas a família não tem dinheiro para pagá-la, por isso criamos uma conta no Gofundme para que a comunidade possa nos ajudar a ajudá-los”, afirma o rapaz. A audiência já está marcada para a próxima quarta-feira, dia 22. “Precisamos arrecadar $2.750 até quarta-feira, para pagarmos a advogada”, informou.

Após algumas postagens nas redes sociais sobre o ocorrido, a comunidade já está se mobilizando para ajudá-los. “As crianças estão bem, mas choram muito por sentirem falta dos pais. A bebê estava sendo amamentada e sente muito a falta da mãe”.  

Além da campanha para arrecadar recursos financeiros para as custas com honorários advocatícios e do processo, amigos da família estão arrecadando doações para ajudar as crianças com alimentação e roupas e organizam uma feijoada beneficente no próximo domingo, em Melrose, onde todo o valor arrecadado, será revertido para o caso.

A feijoada beneficente em prol dessa família, será vendida somente no domingo, dia 19 a partir da 1pm, 326 Main Street, em Melrose. Quem puder ajudá-los com doações em dinheiro, acesse o site www.gofundme.com/juniorzanatta . Para doações de roupas e alimentos para as crianças, entre em contato no telefone (857) 888 2022. 

Fonte: braziliantimes.com