Publicado em 29/06/2016 as 10:00am

Morar em NYC ainda é apenas sonho para muitos brasileiros

O alto valor dos aluguéis e as exigências de crédito são os grandes vilões que impedem a realização do sonho de morar em NYC.

Muitos brasileiros que aterrisam nos EUA tem o sonho de morar em NYC, preferencialmente em Manhattan, porém a grande demanda, que é gerada devido à vários fatores incluindo a sensação de segurança, faz com que a região seja uma das mais caras da América.

O brasileiro Adriano Barroso está há mais de 15 dias na busca por uma moradia definitiva, porém não tem encontrado nada que atenda às necessidades de sua família. “A dificuldade está gigante devido à grande concorrência. Com as crises que diversos países estão sofrendo, muitos imigrantes estão buscando novas oportunidades aqui. NYC é sonho, porém está muito difícil, fui tentar Newark, em New Jersey, pois é uma das cidades que possue fácil adaptação devido ao grande número de imigrantes aqui. Como é bem próximo de NYC é uma forma das pessoas se instalarem, mas até lá está complicado. Já andei muito e até agora não encontrei nada, mesmo com indicação de amigos não está nada fácil. A demanda está muito além da oferta”, afirma Adriano.

Entrevistamos a Real Estate Salesperson, Sueli Schmitt, que explica como funciona para locar uma residência em uma das cidades mais desejadas do planeta.

Muitas pessoas sonham em morar em NYC, mas acabam de chegar e não possuem crédito nem sabem por onde começar. Quais são os primeiros passos que a pessoa deve tomar?

A maior dificuldade dos brasileiros que chegam em NYC é o Credit Report e ter o dinheiro do aluguel, comissão do corretor e comprovante de renda. As Imobiliárias, Administradoras e Corretores precisam do Credit Report, comprovante de residência atual, 3 Holerites e comprovante da Declaração do Imposto de Renda. Quem acabou de chegar não tem essas informações e acaba tendo problemas pra alugar de forma legal. Em geral os landlords, proprietários e corretoras, irão pedir comprovante de renda de 40 vezes o valor do aluguel, esse é o praxe em NYC. Uma das soluções é pagar 6 meses de aluguel adiantado de uma única vez, e claro a comissão do corrector, que varia de 12 a 15% do valor anual do aluguel.

Qual é a ideia que o brasileiro tem quando chega aqui?

Eles chegam aqui com uma idéia totalmente errada do custo de vida e valor do aluguel na região. Com $900.00 ou $1800.00, que é a media que as pessoas sonham em alugar, o máximo que se consegue é um estúdio em algum lugar do Queens. Em Astoria, Long Island City ou Manhattan é praticamente impossível. É frustante para nós corretores, porque o cliente precisa de um apartamento com 2 quartos, ou uma casa com garagem, quintal, e não há nada disponível por esse preço.

Qual alternativa para quem acabou de chegar e não tem a condição de pagar os 6 aluguéis como você mencionou acima?

Eu recomendo dividir uma casa com uma família que já esteja aqui até conseguir economizar dinheiro suficiente. A realidade é que não temos casas ou apartamentos disponíveis para baixa renda em NYC.

Manhattan tem preços exorbitantes, qual é a realidade da Big Apple hoje para quem quer um estúdio ou apartamento de 1 dormitório?

Hoje, apartamentos com 1 quarto por $2500.00 você só encontra em Chinatown e Sunnyside. Por $2800.00 é possivel alugar apartamento de 1 quarto no Lower East Side, East Village e Chinatown, sem elevador. Para outras áreas de NYC, tipo centro da cidade ou West Village apartamento com 1 quarto custa a partir de $3000.00 por mês. Utilizo como base destes preços as informações do Nakedapartments.

A rapidez com a qual os apartamentos ficam indisponíveis é incrível. O que fazer?

Para alugar um apartamento, a pessoa tem que ter toda a documentação em mãos, porque os apartamentos alugam muito rápido, algo disponível hoje estará em contrato amanhã. O ideal é o cliente já sair com a pasta de documentos e Xerox em mãos, pronto pra bater o martelo, assinar a proposta e dar o cheque pro Corretor no ato, só assim ele garantirá o imóvel. A maioria das Firmas de Locação em NYC oferecerem o serviço de Credit Report e cobram por isso. Além da comissão do Corretor, também há o custo de 1 ou 2 meses de aluguel adiantados, no caso do cliente ter toda a documentação em ordem é mais fácil para um Corretor lhe auxiliar e agir rápido. 

É possível contratar uma empresa Fiadora?

Sim, é possivel, mas eles também cobram uma taxa pra isso. Se a pessoa acabou de chegar e não tem dinheiro nenhum, e não conhece ninguém, eu sugiro procurar um quarto na casa de alguém, através de outros brasileiros que já moram aqui. O aluguel em New Jersey, no Bronx, algumas áreas do Brooklyn e até em bairros mais afastados do Queens, é possível encontrar apartamentos mais em conta do que na região de Manhattan. A pessoa tem que estar disposta a se acomodar onde for. Quanto mais coisas ela solicitar mais dificil será.

Restrição à animais em apartamentos frusta locatários

Ter animal de estimação é o que muitas pessoas desejam, porém é um empecilho para quem deseja alugar apartamento em NYC, o que gera frustração em muitas pessoas que, assim como a jornalista que vos escreve, ama animais os considera parte da família.

A Real State Mirella Afonso diz que a possibilidade de ter um animal vai depender muito do Landlord. “Cada um trabalha da sua maneira e exitem muitos que são burocráticos outros mais liberais. Se você tem um cachorro, por exemplo, e o ama a ponto de não querer se mudar sem ele isso pode sim, tomar mais tempo e limitar suas opções. Mas sempre há os que aceitam, logicamente que barulho e bagunça não são apreciados por vizinhos e animais podem causar estragos no imóvel, por isso o proprietário segura depósito e o inquilino terá que acertar tudo no final da avaliação”, relata Mirella que também faz uma ressalva sobre a locação em NYC. “Alugar em NYC é burocrático mas com um broker de confiança tudo se resolve, 15% de Fee aplica-se a brokers (aluguel - 15% valor total anual) ou 6% na venda”, completa.

A brasileira Ana Carolina Figueiredo conta que passa por complicados momentos em relação a adoção de animais em Manhattan e a dificuldade de achar um local que os aceite. “Desde pequena amo animais e meu sonho é um dia poder abrir um hospital público que possa atendê-los. Fico muito triste quando vejo os mal tratos e como existem pessoas ruins que machucam os bichinhos. Fiquei mais triste ainda quando fui adotar um animalzinho em Manhattan e vi a quantidade de bichinhos à espera de um lar. Mais aborrecida ainda eu fiquei quando percebi que essa quantidade de animais sem família é causada pela dificuldade de locar um espaço que os aceite. Não vejo o motivo de tantas restrições de animais em domicílios, afinal cada um tem sua casa e cuida dela como bem quiser. Fico muito triste de não poder ter meu animalzinho de estimação por conta disso. Já é difícil achar um lugar para morar, ainda mais difícil um que aceite animais”, desabafa a brasileira.

Real Estate Salesperson, Sueli Schmitt, complete dizendo que a melhor coisa é sempre falar a verdade. “Os landlords não são favoráveis à animais de estimação, então se você não tem sua casa própria, pense muito antes de aparecer com filho, mala, cuia e cachorro. Mentir também não é uma boa saída, porque quando você for mudar de apartamento, seu landlord vai saber que você trouxe um animalzinho e ele poderá se recusar a devolver seu Seguro Fiança. Mantenha um bom Relacionamento com seu landlord porque voce precisará dele quando for mudar de apartamento. Uma carta de recomendação atestando que você pagou em dia pode lhe abrir  a porta daquele novo imóvel que você tanto deseja”, finaliza.

Fonte: Marisa Abel