Publicado em 6/07/2016 as 4:00pm

Empresa catarinense inaugura escritório em New York

A Neoway, que tem apoio do fundo de investimentos da Accel Partners, Monashees e Endeavor Catalist, oferece uma tecnologia robusta de integração e análise de Big Data

A Neoway começa a buscar oportunidades no mercado norte-americano. A empresa catarinense planeja abrir um escritório comercial em New York ainda em 2016. O plano é conquistar clientes na vertical de serviços financeiros na terra do Tio Sam.

Jaime de Paula, fundador e CEO da companhia, projeta que existam cerca de 6 mil bancos de varejo com potencial de adquirirem a plataforma de Big Data e analytics da provedora.

A meta inicial, sinaliza o executivo, é conquistar 34 clientes, com ticket médio de US$ 10 mil por mês, em um intervalo de seis meses (desencadeando um faturamento anual da ordem de US$ 4 milhões ao final do primeiro ano de operação).

A Neoway, que tem apoio do fundo de investimentos da Accel Partners, Monashees e Endeavor Catalist, oferece uma tecnologia robusta de integração e análise de Big Data. Com isso, a vem chamando bastante atenção no mercado. Recentemente, a empresa foi listada como Cool Vendor pelo Gartner na categoria PaaS (plataform as a service).

Aliás, é interessante notar a rápida evolução da companhia. Jaime conta, por exemplo, que até 2014 a provedora sequer tinha uma estrutura comercial – sendo que as vendas eram feitas por ele mesmo e por outros executivos de perfil mais técnico.

Além disso, foi apenas há cerca de dois anos que a catarinense – fundada em 2002 e viabilizada como produto em 2009 – resolveu migrar e estabelecer sua oferta dentro do conceito de PaaS. Atualmente, a solução abriga mais de 3 mil bases de dados, adicionando uma camada de análise para entregar insights valiosos para os usuários.

Os pequenos detalhes citados acima não limitaram o crescimento da catarinense. Atualmente, a empresa atende 500 grandes clientes brasileiros e projeta fechar 2016 com um faturamento de US$ 75 milhões.

Fonte: braziliantimes.com