Publicado em 11/07/2016 as 7:00pm

Amigos defendem brasileiro acusado de molestar menino

Neander William Silva está detido na Penitenciária do Condado de Williamson (TX) sob a fiança de US$ 75 mil

Um simples passeio em companhia de amigos e familiares tornou-se um verdadeiro pesadelo para Neander William Silva, de 28 anos. Ele foi preso no sábado (2) no interior da loja de diversões infantis Hop N Happy, em Austin (TX), depois que um menino de 9 anos de idade o acusou de ter tocado em seus órgãos genitais. A suposta vítima e réu brincavam em uma piscina de cubos e bolas de plástico. A polícia foi acionada e Neander levado à penitenciária do condado, onde foi autuado e está detido sob a fiança de US$ 75 mil.

Versão contrária:

Fernanda Bau, que estava na mesma festa, relatou ao jornal Achei USA que Neander jogava as crianças na piscina e que ela estava no interior da mesma piscina amparando-as, ou seja, esteve perto do réu o tempo todo. Ela também se recorda de ter visto o menino.

“Eu me lembro do menino que também estava se divertindo. O pai tinha cara de maluco e estava lendo um livro, nem olhando para as crianças. O Neander fez vários vídeos no snap chat sobre a brincadeira, temos como comprovar”, disse Fernanda.

“Eu tenho dois filhos e criança mente sim. Todo mundo sabe que criança mente. Ele é um homem de família, já estava indo embora para o Brasil. Estamos todos desesperados”, acrescentou; demonstrando indignação pelo fato de a criança não ser levada para reconhecer o acusado e as outras pessoas envolvidas no caso sequer serem interrogadas.

Fernanda detalhou que os familiares de Silva contrataram um advogado que fala português e que ele já reuniu provas e testemunhas para tentar libertar o réu da Penitenciária do Condado de Williamson. Além disso, ela questionou o fato de o estabelecimento não possuir câmeras de vigilância.

“Isso é um absurdo. Como um estabelecimento que trabalha com crianças não tem câmeras de segurança? Isso tudo é um grande pesadelo, estou em choque, sem saber o que fazer”, comentou.

Neander estaria visitando o primo, Leonardo Silva, que mora no município de Hutto (TX). Ele enfrenta as acusações de atos indecentes envolvendo criança e conduta sexual inapropriada em 3º grau.

Fonte: Brazilian Voice