Publicado em 1/08/2016 as 4:00pm

Usar os serviços da Uber em NY já pode sair mais barato do que andar de metrô

Serviço sai 25% mais barato do que o transporte público mais utilizado na Big Apple

Cada dia mais o Uber mostra que chegou para ficar. O aplicativo para dispositivos moveis que coloca os usuários em contato direto com os automóveis de passageiros com condutor, inova mais uma vez. Baseado no já conhecido UberPool, no qual o passageiro aceita dividir a viagem de carro com outros passageiros que farão trajetos parecidos e/ou próximos, barateando assim o custo final da corrida, como no período de férias o movimento de grandes cidades como New York reduz consideravelmente, a Uber criou um pacote para quem trabalha em Manhattan.

O serviço funciona da seguinte maneira: o cliente compra um cartão por US$79 que dará direito a usá-lo por um mês consecutivo, quantas vezes quiser. Mas o uso requer o cumprimento de algumas regras: o trajeto tem que ser dentro da área de Manhattan e o período de uso se restringe aos horários de pico: de segunda a sexta, das 7am às 10am e das 5pm às 8pm. E como se fosse um pequeno fretado, buscando os passageiros em um ponto fixo do centro próximo aos grandes prédios de escritórios e deixando todos em um destino único, próximo aos bairros residenciais.

O custo mensal, para quem precisa se locomover todos os dias uteis para ir e voltar do trabalho, sai 25% mais barato do que utilizar o metro de New York. Se fizermos os cálculos, veremos que o custo de cada trajeto nesse novo sistema da UBER sairá por US$ 2, enquanto o mesmo trajeto indo de metro sai por US$ 2.65 (utilizando-se do cartão mensal do metro).

A ideia e criar atrativos para cada vez mais popularizar o serviço da Uber e fidelizar seus clientes, criando assim uma nova alternativa para quem precisa faz uso do transporte coletivo.

Fonte: Thais Partamian Victorello

Top News