Publicado em 3/08/2016 as 3:00pm

Brasileiro de MA é acusado de vender carros no eBay e não entregar

Daniel Didier responde a vários processos, onde teria pego o dinheiro, mas não entrou os veículos e tampouco o valor pego

Um ex-morador de Lowell (Massachusetts), que usa um endereço na cidade para uma companhia de venda de automóveis online, é acusado de fraudar milhares de dólares de vítimas fora do estado que compram carros com ele, mas nunca recebem o veículo.

Quando Tyler Freeland, de Chesterfield (Virgínia), viu um anúncio no eBay, em março, de um Cadilac ano 2012 por $16,000, imediatamente entrou em contato e enviou o dinheiro para Daniel Didier, que mantém uma empresa chamada “JD Auto Service”, localizada na 26 Doane Street, em Lowell.

De acordo com documentos judiciais, até recentemente, o endereço também era listado como local de moradia de Daniel.

Ainda segundo a acusação, depois de inúmeras mensagens de texto e e-mails, Daniel alegou para o comprador que vendeu o Cadilac 2012 para outra pessoa e ofereceu um do ano 2011. O comprador, de 54 anos de idade, concordou com a proposta.

Mas o veículo não apenas não chegou, como a vítima um adicional de $800 durante a espera. Farto das promessas não cumpridas, Tyler pediu o reembolso do que havia pago e Daniel supostamente concordou.

Tyler tentou descontar um cheque de Daniel no valor de $16,800, por três vezes, mas todas foram recusadas por insuficiência de fundos. A vítima contratou um advogado para enviar cartas autenticadas para o acusado, mas sem sucesso.

Durante uma investigação, a polícia descobriu que uma segunda vítima, Sharon Collins, 61 anos, de Oakland (Mearyland), também relatou a compra de um carro de Daniel, dia 4 de junho de 20154, através de um anúncio do eBay, mas também não recebeu o veículo.

Segundo ela, Daniel nunca devolveu o valor de $8,250 pagos por ela por um Jeep Cherokee 2008. A vítima também afirmou que comprou da JD Auto Sales. Sharon foi reembolsada pela agencia de seguros de leilão, caso contrário não teria recebido o dinheiro de volta.

Durante uma audiência no Tribunal Distrital de Lowell, na semana passada, Daniel, que agora lista seu endereço como 17 Topaz Drive, em Nashua (New Hamsphire), foi indiciado pela acusação de furto de mais de $250 com falsos pretextos e provavelmente responderá pelo crime de estelionato.

Ele tem uma outra audiência marcada para o dia 28 de setembro, quando terá início o seu pré-julgamento.

A polícia afirma que Daniel tem outros processos pendentes no Tribunal de Lowell, os quais o acusam de publicar venda de carros no eBay e depois defraudar seus clientes, não fornecendo os carros e nem o reembolso das quantias pagas.

Entre as denúncias, uma data de 5 de fevereiro de 2015 e 9 de julho do mesmo ano, onde Kim Capicchioni, de Walton (New York), e Susan Reed, de Sheldon (Missouri), afirma que o brasileiro lhes deve $15,000 e $15,900 respectivamente por transações feitas no eBay, nas quais ele não cumpriu a parte dele.

Interpelado, por telefone pela polícia de Missouri, Daniel prometeu que enviaria um cheque de $15,900 para Susan, mas até o momento ela não foi ressarcida. A mesma coisa aconteceu com Kim, a qual quando recebeu o cheque, foi trocar no banco, mas não tinha fundos. A polícia descobriu que o brasileiro abriu uma conta bancária com um depósito de apenas $10, dias antes de enviar o cheque. Este caso está previsto para ser julgado dia 21 de setembro, no Tribunal Distrital de Lowell.

Outros casos:

Cassia Oliveira apresentou uma queixa criminal contra Daniel, alegando em documentos judiciais que, dia 23 de fevereiro de 2013, ela deu $10.000 para ele comprar um carro em seu nome. Mas a vítima afirma que nunca recebeu o carro e nem o reembolso. Este caso está previsto ser julgamento dia 28 de setembro.

Outras acusações do mesmo gênero pesam contra Daniel.

Fonte: Da redação