Publicado em 10/08/2016 as 7:00pm

Brasileira busca doador de medula óssea para seu filho de 18 anos em Lowell (MA)

Através de uma forte dor de cabeça, Jefferson foi diagnosticado com leucemia no ultimo de 6 de julho

Só quem é mãe sabe o quão difícil é ver um filho nosso doente. O que dirá quando eles são saudáveis e “do dia para a noite” você se depara com o diagnóstico de uma doença tão séria quanto é a leucemia. É exatamente por essa situação que a brasileira Rosangela Silva, natural de Cuiabá (MT), está passando. Mãe de 4 filhos, com quem ela reside na cidade de Lowel (MA), recentemente ela descobriu que o seu filho mais velho, Jefferson Silva, de 18 anos, está com leucemia.

A leucemia é uma doença maligna originada na medula óssea, local onde as células do sangue são produzidas. Os glóbulos brancos (leucócitos) são as células acometidas e se reproduzem de forma descontrolada, gerando os sinais e sintomas da doença.

Devido ao filho ter reclamada de uma forte dor de cabeça, Rosangela o levou para o hospital e quando fizeram os primeiros exames desconfiaram que ele estivesse com anemia, mas ao realizarem exames mais complexos, descobriram se tratar na verdade de leucemia. “Soubemos do diagnóstico do Jefferson no dia 6 de julho. É muito doloroso e difícil, mas eu tenho fé que vamos superar essa doença”, relata a mãe abalada. Rosangela conta que desde a descoberta da doença do filho, ela já perdeu 20 libras.

Jefferson é um jovem cheio de sonhos, veio para os Estados Unidos com apenas 1 ano e 11 meses. Ele gosta de basquete, de jogar videogame, de ler, mas sua grande paixão é o teatro. “Ele já participou de peças teatrais na igreja e sonha em fazer faculdade”, relata a mãe.

Rosangela conta que o adolescente ficou muito abatido ao saber do diagnostico, mas que está mais forte e confiante do que ela. “Ele ficou chocado ao ouvir do médico que, devido ao tratamento com quimioterapia, ele terá 60% de chances de não poder ser pai, mas ele não perde a esperança em Deus de que tudo isso vai passar”, conta emocionada.

Ao conversar com outras mães, que passam pela mesma situação, Rosangela descobriu a Fundação Icla da Silva e já entrou em contato para, através deles, tentar conseguir um doador de medula óssea compatível com Jefferson. “Eu creio que conseguiremos logo um doador para o meu filho, mas independente disso, quero ajudar a conscientizar as pessoas da importância de sermos doadores de medula óssea... Se cada um tiver consciência disso, podemos salvar muitas vidas. Só quando passamos por uma situação como essa dentro de casa, temos a verdadeira noção do quão importante é ajudarmos. Muitas vidas podem estar em nossas mãos, e muitas são perdidas por falta de entendimento”, relata a mãe ao Brazilian Times.

Instituto Icla da Silva fará evento em Lowell

Se você ainda não está registrado como doador de medula óssea, e você tem entre 18-44 anos, registre-se. Independente do seu status imigratório você poderá se inscrever. O teste é muito simples: apenas 4 cotonetes esfregados nas partes internas das bochechas. Entre em contato com a Fundação Icla da Silva. Quem sabe não seja você o doador compatível para a cura da leucemia do Jefferson ou de tantos outros casos que estão aguardando um doador? 

No dia 20 de agosto, o Instituto Icla da Silva estará com sua equipe de voluntários da igreja MIL, localizada na 192 Appleton Street, na cidade de Lowell (MA), das 3:30pm as 8pm. Não deixe de participar!

Para mais informações sobre o evento, ou sobre como e onde fazer o teste, ligue para (617) 519-3850 falar com Maria ou também para (978) 606 5168, falar com Rosangela.

Fonte: Thais Partamian Victorello