Publicado em 10/08/2016 as 12:00pm

Menina que vendia doces por R$ 0,50 fala da experiência de palestrar em Miami

Aos 14 anos, Robervânia Albuquerque participou do 'Mais Você', da Globo. Desde então, bolsas de estudos, faculdade e 'diversas portas se abriram', diz

Aos 14 anos, Robervânia Albuquerque vendia doces por R$ 0,50 centavos em Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco. Hoje, aos 22 anos, ela se formou em administração, dá consultorias a empresas e já ministrou palestras em 16 estados brasileiros e em Miami, na Florida, durante participação do programa Plano B, promovido pelo Instituto School Of Life, a convite do Ricardo Bellino, em 2015.

O programa Plano B seleciona candidatos de todo o Brasil para um treinamento exclusivo, na ilha de Key Biscayne, conhecida como "Island Paradise", próxima à cidade de Miami. É um treinamento intensivo onde os selecionados terão a oportunidade de desenvolver os seus talentos, focados em objetivos e ações concretas.

O programa se destina a capacitação para o sucesso. Essa capacitação se dá por meio da aquisição de ferramentas práticas essenciais ao êxito profissional e pessoal.

No entanto, para obter resultados concretos é necessário desenvolvê-las e colocá-las em prática. Essas características – que são as ferramentas para o sucesso – estão distribuídas nos 6 módulos que compõem o programa Plano B, desenvolvido exclusivamente pela School of Life Academy.

Hoje, com participação em diversos eventos pelo Brasil, a jovem fala que a participação no evento em Miami serviu como uma grande base para seu trabalho e lhe rendeu mais experiências e oportunidades de conhecer outras pessoas.

A desenvoltura quando vendedora de doces levou Robervânia ao programa "Mais Você", da Rede Globo, há oito anos. "Doces R.A., quase de graça, venha comprovar". O slogan foi dito por ela durante entrevista à apresentadora Ana Maria Braga.

Após o programa, Robervânia disse que recebeu proposta de bolsa de estudos em três escolas particulares, escolheu uma e concluiu o ensino médio. "Quando eu cheguei no programa da Ana, diversas portas se abriram. Inclusive, a faculdade foi uma dessas portas", disse.

A jovem explicou que qualquer negócio é a projeção de quem o conduz. "Primeiro, para o seu negócio ser próspero, você tem que ter uma vida próspera. Antes de você trabalhar no seu negócio propriamente dito, você tem que trabalhar em você".

Ela detalhou que o que conseguiu depois da participação na Rede Globo "foi fruto do programa, foi fruto do trabalho e de tudo que eu estava buscando desenvolver".

O início

Robervânia começou vendendo cosméticos, depois foi para a rua vender doces. Na época, ela disse que no primeiro dia saiu para vender seis unidades e no dia seguinte, já foram 24. As vendas aumentaram e ela começou a poder pagar a conta de água de casa.

A parada obrigatória de todos os dias era uma praça no centro do município, onde ficavam moto-taxistas. Hoje, alguns que compravam as guloseimas da jovem há oito anos ainda lembram que ela já mostrava talento para as vendas. "Ela era muito insistente. De tanto que insistia a gente comprava o doce", afirmou o moto-taxista Cícero Santos.

Todos os dias ela saía pelas ruas de Belo Jardim - após a escola - com uma caixa de isopor cheia de doces e voltava para casa com todos vendidos. A desenvoltura chamou a atenção de comerciantes locais, que a partir daí começaram a convidar a jovem para ministrar palestras.

Fonte: Da redação