Publicado em 22/08/2016 as 5:00pm

Família procura brasileiro desaparecido em Milford (MA)

Parentes relatam que Osvaldo está desaparecido desde o dia 19 e o sumiço pode ser decorrente de um surto

Desde a manhã de sexta-feira, dia 19, o brasileiro Osvaldo Simões é procurado, desesperadamente, pelos seus familiares e moradores da cidade de Milford (Massachusetts). Ele se mudou do Rio de Janeiro para esta cidade com a sua esposa, Lilia Pinto, para visitar a filha dela, Liliane Pereira.

Casados há vinte anos, o casal mora no bairro do Meier, no Rio de Janeiro. Lilian conta que o marido sempre foi muito calmo, mas que nunca foi de ter muitos amigos. “Ele sempre foi muito caseiro e reservado. Não é de frequentar bares e não tem vícios. É uma pessoa humilde”, conta Lilia.

Segundo ela, desde quinta-feira, dia 18, Osvaldo vinha apresentando um comportamento estranho, reclamava de estar sendo perseguido e que essas pessoas que o perseguiam queriam matá-lo. Ela preocupada, antecipou a passagem de retorno ao Brasil para a noite do dia seguinte. “Já estava tudo certo para irmos embora. Já tinha até fechado com uma pessoa para nos levar para o aeroporto de New York para embarcamos para o Rio na sexta à noite, mas não deu tempo”, afirma.

Osvaldo teria tido uma noite inquieta, acordando a todo momento. Ao levantar-se na quinta-feira pela manhã, por volta das 6am ele pegou o passaporte, dinheiro e simplesmente saiu, literalmente, correndo pelas ruas de Milford. A esposa correu atrás, a enteada percorreu o trajeto de carro para alcançá-lo, mas ele não quis conversa. Elas então foram atrás de auxilio policial para conte-lo, mas nesse meio tempo Osvaldo desapareceu, sem deixar pistas.

“Achamos que talvez ele tivesse comprado uma outra passagem para voltar para o Brasil antes. Acionamos a polícia, eles entraram em contato com os aeroportos e não há informações de que ele tenha embarcado. Vamos tentar ajuda com o Consulado”, conta Lilia. “Ele é um bom marido. Nunca foi agressivo e sempre cuidei muito dele”, relata.

A enteada Liliane Pereira, chegou a publicar o fato em redes sociais, no intuito de descobrir alguma informação sobre o paradeiro do padrasto, mas até o momento Osvaldo continua desaparecido. A família também já procurou nos hospitais da região, mas não obteve nenhuma pista.

Quem tiver qualquer informação sobre o paradeiro de Osvaldo, entre em contato pelos telefones (508) 373 8514 ou (774) 214 8001.

Fonte: Da redação