Publicado em 23/08/2016 as 8:00am

Brasileiro agride companheira e a mantem em cárcere privado em Hyannis

O caso teria acontecido no início do mes e foi publicado pelo jornal local Cape Cod Time

Segundo informações da versão online do jornal Cape Cod Time, um brasileiro chamado Nathan Cordeiro, 24 anos, morador de Hyannis, foi acusado de violência doméstica contra uma mulher. A identidade da vítima não foi revelada e o acusado teria um envolvimento com ela. De acordo com relatos da publicação, após uma discussão por causa de ciúmes por parte de Nathan. Ele acusava a companheira de flertar com seus amigos.

Durante uma discussão, o brasileiro teria se exaltado a ponto de mantê-la em cativeiro dentro do seu quarto, agredindo-a com uma tesoura, puxando-a pelos cabelos, além de ter desferido contra ela vários socos, pontapés e a queimado com cigarros.

Ao prestar depoimento no Tribunal Distrital de Barnstable, o rapaz negou as acusações, afirmando ser inocente.

O crime teria acontecido na segunda semana de agosto. The woman said she blacked out more than four times from being choked and every time she regained consciousness, he would choke her again, according to the police report.De acordo com o relatório da polícia, a vítima relata ter desmaido mais de quatro vezes, após ter sido sufocada a cada vez que ela recuperava a consciência.

At one point, Cordeiro began burning her with cigarettes and held a pair of scissors to her chest, saying, “I'll kill you right now.Depois de horas seguidas de tortura, Cordeiro começou a queima-la com cigarros e segurou duas tesouras em seu peito, dizendo: "Eu vou matar você agora. I wouldn't even care about it,” the report says. Eu nem sequer me preocupo com isso ", diz o relatório. At 5 am, about seven hours after the abuse began, she was able to flee to her mother's house when Cordeiro went to get cigarettes.Às 5 horas da manhã, cerca de sete horas após o início do abuso, ela conseguiu fugir para a casa de sua mãe, quando Nathan havia saído da casa para comprar cigarros.

A mãe da vítima chamou a polícia logo após conseguir convencer a filha a denunciar o crime.

Um policial foi acionado para prender Cordeiro, que disse que ele e a mulher haviam discutido por três dias por causa de um rompimento entre eles, mas negou qualquer agressão física contra a vítima.He had cuts on his knuckles and hands, according to police. Ele tinha cortes em seus dedos e mãos, segundo a polícia.

O caso está sendo investigado pela polícia local.

Fonte: Da redação