Publicado em 23/08/2016 as 10:20pm

Brasileiro que desapareceu em Milford (MA) é encontrado em matagal no RJ

O brasileiro desaparecido, Osvaldo Simões foi achado no Brasil

Após três dias de muita aflição para familiares e amigos, o brasileiro Osvaldo Simões, 46 anos, que havia desaparecido em Milford (Massachusetts, na manhã de sexta-feira, dia 19, foi localizado nesta terça-feira, dia 23, pela Policia Federal do Rio de Janeiro em um matagal próximo ao Aeroporto Internacional do Galeão.

Com as roupas sujas e com marcas de arranhões pelo corpo, parentes relataram que ele não reconheceu o próprio irmão e que estava com o comportamento alterado, se mostrando muito arredio. Ele foi encaminhado para uma clínica, onde se encontra em observação.

ENTENDA O CASO

Desde a manhã da última sexta-feira, dia 19, o brasileiro Osvaldo Simões estava sendo procurado desesperadamente por seus familiares e moradores da cidade de Milford. Osvaldo veio do Rio de Janeiro para Milford com sua esposa Lilia Pinto, para visitar a filha dela, Liliane Pereira.

Segundo a esposa Lilia, Osvaldo é uma pessoa reservada e muito caseira. Não é de frequentar bares, nem tão pouco tem vícios. Casados há vinte anos, o casal mora no bairro do Meier, no Rio de Janeiro. Segundo a esposa, desde quinta-feira, dia 18, Osvaldo vinha apresentando um comportamento estranho, reclamava de estar sendo perseguido e que essas pessoas que o perseguiam queriam matá-lo. Ela preocupada, antecipou a passagem de retorno ao Brasil para a noite do dia seguinte. “Já estava tudo certo para irmos embora. Já tinha até fechado com uma pessoa para nos levar para o aeroporto de New York para embarcarmos para o Rio na sexta à noite, mas não deu tempo”, afirma.

Osvaldo teria tido uma noite inquieta, acordando a todo momento. Ao levantar-se na quinta-feira pela manhã, por volta das 6am ele pegou o passaporte, dinheiro e simplesmente saiu, literalmente, correndo pelas ruas de Milford. A esposa correu atrás, a enteada percorreu o trajeto de carro para alcançá-lo, mas ele não quis conversa. Elas então foram atrás de auxilio policial para conte-lo, mas nesse meio tempo Osvaldo desapareceu, sem deixar pistas.

            Na segunda-feira a família buscou ajuda com o Consulado Geral do Brasil em Boston e conseguiram a informação de que ele teria desembarcado no Aeroporto Internacional do Galeão no sábado. Ao acionarem os parentes no Rio, souberam que ele não havia ido para casa e nem entrado em contato com ninguém da família.

Fonte: Da redação